Roubos de veículos têm queda de 63% em São José
30/06/2020 15:17
Entrega carros elétricos à Sepac. Foto: Claudio Vieira/PMSJC. 26-07-2018
Redução dos índices de roubos e de furtos de veículos se deve às ações do programa São José Unida - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Proteção ao Cidadão

São José dos Campos registrou nos 5 primeiros meses deste ano o menor índice de roubos de veículos em comparação ao mesmo período dos últimos 19 anos, considerando os dados desde o início da série histórica, em 2002.

Os 127 carros roubados representam uma queda de 63% em relação a 2016, ano anterior à implantação do programa São José Unida. Naquela ocasião, foram 341 ocorrências.

Em relação aos furtos de veículos, de janeiro a maio desde ano a cidade também obteve os menores índices --no caso, 462.

As taxas de criminalidade de maio foram divulgadas no último dia 25 de junho pela SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública).

Portais de segurança

A redução dos índices de roubos e de furtos de veículos se deve às ações do programa São José Unida, que tem como objetivo unir as forças de segurança do município para prevenir e reduzir a violência.

A implantação dos Portais de Segurança em todas as regiões da cidade contribuiu para a fiscalização e para o combate à criminalidade. Os radares possuem tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres, na tradução literal), que permite a identificação, por exemplo, de veículos furtados ou roubados por meio da leitura das placas, que registram cerca de 1 milhão de imagens por dia.

Os dados são acompanhados em tempo real pela Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal, com apoio do COI (Centro de Operações Integradas), o que tem contribuído para agilizar a localização de veículos roubados e furtados e a prisão dos ladrões e assaltantes.

Os Portais de Segurança também tem auxiliado a Polícia na solução de outros crimes, principalmente homicídios. A redução dos índices de roubos e de furtos de veículos se deve às ações do programa São José Unida, que tem como objetivo unir as forças de segurança do município para prevenir e reduzir a violência.

Roubos e furtos

Os índices de roubos e de furtos também despencaram nos cinco primeiros meses e são os menores dos últimos 19 anos.

De janeiro a maio, foram 851 roubos, taxa que é quase a metade dos 1.642 do mesmo período de 2016 (redução de 48%).

Em relação aos furtos, foram registrados 1.672, índice 32% menor do que os 2.476 de 2016.

Homicídios

Quanto aos homicídios, foram 19, uma média que não chega a 4 por mês.

Desde 2002, é o segundo melhor resultado, só perdendo para os 15 de 2019. Outro dado relevante é que neste ano não foram registrados latrocínios (roubos seguidos de mortes).

Na comparação com 2016, o total de mortes foi reduzido quase pela metade. Naquele ano, foram 36 assassinatos (decréscimo de 47%).

Índices de criminalidade (janeiro a maio)

ROUBOS DE VEÍCULOS

2020: 127

2019: 178

2018: 297

2017: 312

2016: 341

Queda de 29% em relação a 2019, de 57% quanto a 2018, de 59% na comparação com 2017 e de 63% em relação a 2016

 

FURTOS DE VEÍCULOS

2020: 462

2019: 911

2018: 881

2017: 1.006

Redução de 49% na comparação com 2019, de 47,5% em relação a 2018 e de 54% quanto a 2017

 

ROUBOS

2020: 851

2019: 915

2018: 1.253

2017: 1.400

2016: 1.642

Decréscimo de 7% quanto a 2019, de 32% em relação a 2018, de 39% na comparação com 2017 e de 48% quanto a 2016

 

FURTOS

2020: 1.678

2019: 2.306

2018: 2.229

2017: 2.653

Queda de 27% em relação a 2019, de 25% na comparação com 2018 e de 37% quanto a 2017

 

HOMICÍDIOS

2020: 19

2019: 15

2018: 25

2017: 25

2016: 36

Redução de 24% na comparação com 2018 e 2017 e de 47% em relação a 2016


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão