Julho Amarelo termina com 1.600 testes rápidos para hepatites
Atualizado em 12/08/2020 - 14:46
Fachada UES  23 02 2018
O paciente que testou positivo foi encaminhado para tratamento no ambulatório de hepatites, que funciona na UES - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Nei José Sant'Anna
Secretaria de Saúde

Ao longo da campanha “Julho Amarelo” deste ano, realizada pela Prefeitura de São José dos Campos, foram realizados 1.662 testes de hepatite B e C nas unidades de saúde do município. Dentre as pessoas testadas apenas uma recebeu diagnóstico positivo para hepatite C.

A campanha ocorreu do dia 1º a 31 de julho e teve o objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, reduzindo os ricos e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Durante esse período ações educativas e testes rápidos foram intensificados nas unidades básicas de saúde e no Centro de Referência em Moléstias Infecciosas (CRMI).

Os usuários da rede que compareceram para fazer o teste receberam aconselhamentos antes e após o exame. No caso positivo, o paciente foi encaminhado para tratamento no ambulatório de hepatites, que funciona na Unidade de Especialidades de Saúde (UES).

O mês de julho é dedicado a chamar a atenção da população para os cuidados com as hepatites, pois na última terça-feira (28) foi comemorado o Dia Mundial de Luta Contra a doença.

A Secretaria de Saúde reforça que, embora julho seja um mês de intensificação de testagem, os munícipes podem procurar o CRMI e as unidades básicas para fazer o teste rápido em qualquer época do ano.

Casos

São José dos Campos registrou nos primeiros seis meses deste ano 12 casos de hepatite B e 13 de hepatite C. Durante todo o ano de 2019, foram registrados 77 casos de hepatite B e 148 de hepatite C.

Serviço

Unidade de Especialidades (UES): Avenida Madre Tereza, 449, Centro.

Centro de Referência em Moléstias Infecciosas (CRMI): Rua Amin Assad, 200, Jardim São Dimas.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde