Parceria com governo do estado vai modernizar Museu do Folclore
Atualizado em 29/05/2020 - 10:37
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Detalhe da 'Casa da Farinha', peça em exposição na Sala das Tecnologias no Museu do Folclore, na região norte - Foto: Divulgação/MFSJC - Foto: PMSJC

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

O acervo do Museu do Folclore de São José dos Campos passará por uma modernização que prevê, entre outros resultados, um atendimento específico a pessoas com deficiência auditiva e visual. A intenção é que elas possam conhecer a exposição de longa duração do museu, por meio de audioguias (em português, inglês e espanhol) e um vídeo narrado em Libras.

Essa modernização, que deverá ser concluída no prazo de dez meses, está sendo possível em razão da aprovação de projeto apresentado à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo Estadual, por meio do Programa de Ação Cultural (Proac).

A modernização também chegará à biblioteca do museu (especializada em cultura popular), que terá novo mobiliário, computadores e livros. Além disso, 93 vídeos do seu arquivo (todos ligados à cultura popular) serão editados para posterior veiculação no site e redes sociais (Youtube, Facebook e Instagram) do museu.  

História

O Museu do Folclore foi criado pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo em 1987, atendendo sugestão da extinta Comissão Municipal de Folclore. Doze anos depois, a gestão do museu passou a ser feita pelo Centro de Estudos da Cultura Popular (CEPC), organização da sociedade civil sem fins lucrativos, criada em 1999.

Entre outros projetos, a instituição é responsável pela montagem da atual exposição de longa duração do museu e pela criação da biblioteca especializada em cultura popular, que recebeu o nome da folclorista, pesquisadora e escritora Maria Amália Correa Giffone, que doou todo seu acervo particular ao espaço.

Acervo

A biblioteca possui um acervo com mais de dois mil livros especializados, hemeroteca, CDs e discos em vinil de ritmos populares, periódicos e vídeos de manifestações folclóricas da região. Entre seus títulos é possível encontrar todas as 25 edições da Coleção Cadernos de Folclore, publicação que resulta de parceria entre o CECP e a Função Cultural para divulgação de pesquisas na área da cultura popular.

A exposição do Museu do Folclore pode ser visitada de terça a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados e domingos, das 14h às 17h. Já a biblioteca, de segunda a sexta, das 9h às 17h. Para empréstimos de livros, CDs e DVDs, é necessário fazer um cadastro, com apresentação de um documento com foto.


Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Santana (Parque da Cidade)

(12) 3924-7318 e 3924-7354

www.museudofolclore.org


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo