'Viver a Melhor Idade sem Traumas' chega à UBS do Campo
Atualizado em 01/10/2019 - 17:34
Programa Viver a Melhor Idade sem Traumas na Ubs Resolve do Bosque dos Eucaliptos. Foto: Claudio Vieira/ PMSJC. 15-08-2019
O teste de risco de quedas envolve 30 idosos usuários da UBS: programa chega ao Campo dos Alemães - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A UBS do Campo dos Alemães, na região sul de São José dos Campos, é a segunda unidade da rede de saúde do município a receber o programa “Viver a Melhor Idade Sem Traumas”. Nesta quarta-feira (2), técnicos da Secretaria de Saúde estarão no local para aplicar um teste de avaliação do risco de queda chamado “Time Up and Go Test”, em um grupo de 30 idosos, para avaliar a mobilidade funcional de cada um.

O procedimento consiste em solicitar ao idoso que se levante sem apoio, caminhe e retorne ao local de origem, sentando-se novamente. Deverá ser avaliado o tempo de percurso e as condições em que o idoso realiza o trajeto. O teste será aplicado por uma equipe multiprofissional formada por médico, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e educador físico.

Após a realização do teste, este grupo de idosos será submetido a uma carga de atividades físicas, duas vezes por semana, com uma hora de duração, por um período de 6 meses.

Eles serão acompanhados por um educador físico, que os auxiliará em exercícios que melhoram a força muscular dos membros inferiores, no equilíbrio, mobilidade postural, marcha e a amplitude articular dos membros inferiores. O grupo também terá acompanhamento nutricional, por meio de palestras e orientações.

Ao final do período de 6 meses, haverá a reaplicação do teste Timed Up and Go Test (TUGT) nos idosos participantes do projeto, comparando os resultados com os obtidos na etapa 2. 

O Projeto de Prevenção de Quedas em Idosos, elaborado pela Secretaria de Saúde, com apoio da Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida, surgiu da necessidade de se realizar um trabalho de prevenção para evitar ou minimizar as consequências das quedas que interferem na qualidade de vida dos idosos e seus familiares.

A meta do projeto é criar na população a conscientização sobre as situações de risco e incentivar a importância da prática de atividade física, evitando quedas em idosos e a redução das graves consequências, como dependência nas atividades de vida diária, fraturas e internações.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde