Espetáculo premiado Peixes, de Ana Regis, encerra Semana do Teatro
Atualizado em 28/03/2019 - 16:45
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
No espetáculo solo, a artista Ana Regis descreve a violência contra mulheres a partir de relatos reais - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

A violência contra mulheres a partir de relatos reais, descritos e interpretados pela artista Ana Regis na peça Peixes -- um solo onde ela também é a diretora. Na peça, Ana Regis é a personagem Cláudia que em uma consulta médica psiquiátrica, em um manicômio judiciário, onde se encontra detida, revela as histórias que viveu. De forma não linear, a personagem constrói uma narrativa fragmentada como seu pensamento.

“Quando comecei a pesquisar sobre violência contra mulheres, na tentativa de me sentir menos impotente, acabei me deparando com uma série de relatos reais sobre o assunto, o que resultou na criação desse solo”, contou a atriz Ana Regis.

O espetáculo encerra a Semana do Teatro, neste domingo (31), às 19h, no Centro de Estudos Teatrais (CET). O evento é uma realização da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. O trabalho também será apresentado na sexta e no sábado (29 e 30), às 21h, no mesmo local.

Para todos os dias, a entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados no local, 1 hora antes do início do espetáculo. A classificação é de 14 anos. 

Prêmio

O espetáculo estreou em 2017, como o primeiro trabalho solo de Ana, com o qual ganhou, no ano seguinte, o IV Prêmio COPASA-SINPARC, nas categorias Melhor Atriz e Melhor Texto. Conforme explica a atriz, a personagem Claudia personifica várias mulheres violentadas, que podem se identificar com ela.

“Nos noticiários, o assunto soa assustador, com muitos números. Já no teatro, é possível alcançar as pessoas de forma diferente, com sensibilidade. Tanto mulheres como homens podem se identificar com o tema”, completa Ana Regis.

Perfil 

Ana Regis é natural de Belo Horizonte (MG) e iniciou sua carreira como atriz no início dos anos 90. Desde 2001 trabalha com audiovisual, alternando funções de atriz, produtora, pesquisadora e produtora de elenco, tendo passado por várias produtoras locais e de outros estados, em diversos longas, curtas, séries e comerciais. Em 2007 fundou a Cia. Bárbara.

 

Centro de Estudos Teatrais (CET)     

Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana                     

(12) 3924-7300 / 7341


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo