Seminário aborda diretrizes para a Educação de Jovens e Adultos
Atualizado em 22/03/2019 - 15:40
EJA no CEFE  21 03 2019
Entre as atividades, palestrantes abordaram reflexões sobre os desafios pedagógicos no processo de ensino e de aprendizagem da EJA - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Cerca de 100 educadores que fazem parte do Programa de Educação de Jovens e Adultos participaram, nesta quinta-feira (21), de um seminário com o objetivo de propiciar formação continuada e fomentar novas ideias para a modalidade.

O encontro, no Cefe (Centro de Formação do Educador), foi organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cidadania.

Entre as atividades, duas palestrantes abordaram reflexões sobre os desafios pedagógicos no processo de ensino e de aprendizagem da EJA, além de propiciar a socialização de experiências bem-sucedidas.

A palestrante Margareth Carvalho foi aluna da modalidade EJA. Ela é graduada em letras e pedagogia, pós-graduada em psicopedagogia, neuro psicopedagogia, pedagogia hospitalar e gestão escolar.

Com a palestra “Relato de experiência vivida: de discente a educador”, Margareth abordou novas oportunidades de inserção no mundo do trabalho e a mudança de vida que leva um jovem ou adulto a retomar os estudos na EJA.  A palestrante destacou ainda o papel dos professores e da equipe gestora no processo de aprendizagem desse público.

“Eu voltei a estudar com 22 anos e me encantei com a EJA. Continuei os estudos com o magistério, letras e muitas outras formações. Na palestra, enfatizo a importância da equipe gestora das escolas receberem esses alunos como uma pessoa com muitas possibilidades, para que incentivem esses estudantes na conclusão da educação básica, e o ingresso no nível superior, concretizando sonhos e mudando de vida”, pontuou a ex-aluna do EJA, que atualmente é diretora em uma escola da rede pública em Jacareí.

Patrícia Biffi falou sobre os sentimentos e ambições dos estudantes que retomam os estudos na EJA. Com a palestra “Uma retomada à cidadania”, a educadora abordou como a escola pode contribuir para a constituição da cidadania dos alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos. Patrícia é mestra em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduada em Pedagogia pela mesma instituição.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania