Obra de Eco-PEV de SFX segue acelerada e deve ser entregue até abril
Atualizado em 08/03/2019 - 17:10
Funcionários da Prefeitura nos preparativos finais para implantação do PEV de São Francisco Xavier, o segundo Eco-PEV da cidade
Pneus reaproveitados no muro de contenção da plataforma elevada do Eco-PEV de São Francisco Xavier; unidade terá conceitos modernos de sustentabilidade - Foto: PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Manutenção da Cidade

O PEV (Ponto de Entrega Voluntária de Resíduos) do distrito de São Francisco Xavier, o 14º de São José dos Campos e o segundo no conceito Eco-PEV, será entregue à comunidade até abril. Os trabalhos de implantação da unidade foram intensificados e estão na reta final. Será o terceiro da região norte.

O PEV funcionará na Estrada Municipal Ezequiel Alves Graciano, nas proximidades do cemitério. Ocupará terreno de 1.031 metros quadrados, sendo 243 metros quadrados de área construída.

A área externa terá lâmpadas de LED com o objetivo de garantir mais segurança à população.

Novos PEV's

A implantação de novos PEV's integra o Plano de Gestão da atual Administração e sempre com o conceito Eco-PEV, priorizando os locais onde há maior demanda e mais pedidos da população.

O trabalho de instalação é realizado em conjunto pelas secretarias de Manutenção da Cidade e de Urbanismo e Sustentabilidade.

Até o final do ano, será aberta unidade no bairro Urbanova, a primeira da região oeste. Em setembro do ano passado já foi disponibilizado o PEV do Jardim Santa Luzia, o primeiro da região sudeste.

Sustentabilidade        

A unidade de São Francisco Xavier terá conceitos inovadores do ponto de vista ambiental. Este PEV será uma instalação modelo de sustentabilidade.

Um dos destaques é um Tanque de Evapotranspiração (Tevap), tecnologia social sustentável voltada para o tratamento de esgoto. Esta tecnologia consiste em fossas de evapotranspiração e biodigestores para tratamento do esgoto de vasos sanitários e de círculo de bananeiras, recurso complementar destinado ao tratamento da água de pias, chuveiros e máquinas de lavar.

O muro de contenção da plataforma elevada foi construído por meio do reaproveitamento de pneus. Haverá também um muro verde, formado por plantas, e um sistema de reúso de águas pluviais. 

Horta e acessibilidade

O objetivo é que, além de receber materiais descartados, seja referência de boas práticas ambientais para a comunidade local mostrando que praticamente tudo pode ser reaproveitado, agregando valor aos materiais e evitando-se impactos ambientais. 

O Eco-PEV vai funcionar no antigo Centro de Triagem,que está sendo adequado para o novo uso e também para garantir acessibilidade no local. Por exemplo, os sanitários serão acessíveis.

Além de garantir a acessibilidade, as adequações visam incorporar critérios de sustentabilidade no espaço construído. O local contará com uma área para a realização de oficinas e atividades voltadas à Educação Ambiental. 

Os materiais utilizados para a adequação do edifício também são sustentáveis como telha e chapas ecológicas.

Também haverá uma horta no Eco-PEV de São Francisco.

Melhorias

A atual Administração realizou diversas melhorias nos PEV's, que em 2017 e 2018 receberam 113 mil toneladas de resíduos de entulho. 
Com a ampliação do horário de funcionamento com a abertura também aos domingos, os munícipes agora podem levar os materiais às unidades todos os dias da semana, evitando o acúmulo dentro das residências.

Eles foram reestruturados, a gestão foi incrementada e o serviço e o atendimento à população foram aprimorados. 

O PEV é parte de um sistema integrado de gestão de resíduos da construção civil e é voltado para os pequenos geradores, usuários domésticos que produzem até um metro cúbico de resíduos (equivalente a uma caçamba de um pequeno utilitário).

Eles facilitam o dia a dia da população, contribuindo para que os resíduos de construções e de podas e capinas não sejam jogados na beira de córregos, em áreas verdes e outros terrenos da cidade, evitando a poluição e a contaminação do solo.

A operacionalização é realizada pela Secretaria de Manutenção da Cidade, que recebe, separa, armazena e promove a destinação ambientalmente adequada dos resíduos.

Entulhódromos

Em outra frente de atuação, a Prefeitura tem ampliado o combate ao descarte irregular de lixo. Já foram fechados 20 entulhódromos nas regiões sul, leste e sudeste.

A Prefeitura orienta os munícipes a fazerem a destinação correta de lixo reciclável e entulho no PEV mais próximo de suas residências. O descarte de entulho em terrenos ou ruas pode acarretar multas de até R$ 15 mil (lei municipal 7815/09 e lei municipal 8206/10).

A Prefeitura conta com a colaboração dos munícipes, que podem denunciar descartes irregulares de lixo e entulho por meio da Central 156 (telefone, aplicativo e site).

Funcionamento dos PEV's

  • Segunda-feira a sábado, das 8h às 17h
  • Domingo, das 8h às 12h

Locais:

Sudeste

  • Eco-PEV do Santa Luzia | Avenida Vicente Brandão Ferreira, 293

Sul

  • Campo dos Alemães | Avenida dos Evangélicos, 601

  • Dom Pedro 2º | Rua Trinta e Sete, 130

  • Residencial Gazzo | Rua Arcílio Moreira da Silva (ao lado do cemitério Colônia Paraíso)
  • 31 de Março | Rua Guidoval, 100
  • Jardim Satélite | Rua Estrela Dalva, 135
  • Interlagos | Rua Ubirajara Raimundo de Souza, 21

Leste

  • Galo Branco | Avenida Benedito Luiz de Medeiros, 811
  • Novo Horizonte | Rua dos Topógrafos (esquina com a avenida Tancredo Neves)
  • Copacabana | Rua Charles Diamond, em frente à praça Joaquim Figueira de Andrade

Norte

  • Altos de Santana | Avenida Alto do Rio Doce, 1075 (ao lado da escola municipal Vera Babo de Oliveira)
  • Vila Jaci | Rua Xavantes, 367

Centro

  • Martins Pereira | Rua Ana Gonçalves da Cunha (ao lado do estádio), 370

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Manutenção da Cidade