Tempo ajuda e Eugênio de Melo tem matinê e show com muito samba no pé
Atualizado em 05/03/2019 - 14:46
Carnaval no Distrito de Eugênio de Melo - Glauce e grupo Nossa Raiz. Foto: Claudio Vieira/PMSJC. 04-03-2019
Crianças da matinê se juntaram aos familiares e curtiram o show de Glauce e grupo Nossa Raiz, no distrito de Eugênio de Melo - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Wagner Matheus
Secretaria de Governança

Uma das apostas do Carnaval Consciente de 2019 em São José dos Campos foi aliar grandes eventos na região central da cidade com espetáculos criados especificamente para os bairros, especialmente nos distritos de São Francisco Xavier e Eugênio de Melo.

A segunda-feira de Carnaval em Eugênio de Melo, na região leste, teve matinê a partir das 14h, com o grupo Passarinheiros, e show com Glauce e grupo Nossa Raiz, entre 18h e 21h30.

Os eventos ocorreram na área da antiga Estação Ferroviária do distrito, que foi restaurada e hoje funciona como um centro cultural. A população local e visitantes já haviam curtido, no sábado (2), o show do grupo Brilho no Olhar. E nesta terça-feira (5), o encerramento da festa terá matinê das 14h às 17h.

Céu limpo

Quem gosta de samba e de outros ritmos alegres, não teve do que reclamar. Pais, tios e avós garantiram a festa das crianças e, depois, caíram no samba. Tudo sob um céu azul e um calorzinho agradável, para compensar a chuva fina que caiu durante o sábado.

Glauce e grupo Nossa Raiz é formado por gente de São José. O estilo inclui samba, pagode, samba-enredo e, no caso da segunda-feira, marchinhas carnavalescas tradicionais. No público, que chegou a reunir cerca de 500 pessoas, segundo os organizadores, havia gente acostumada com esse repertório e que pedia sucessos de seus grupos preferidos.

Sambando do início ao fim, bem em frente ao palco, Mariana Padilha, 30 anos, moradora no Jardim Satélite, na região sul, competia em animação com a mãe Elizabete e a amiga Nadine, que também trouxe a filha Lara, de 3 anos, para curtir a matinê.

“O Carnaval no Centro foi mais animado, mas acho importante a Prefeitura criar esses eventos em bairros mais distantes”, observou Mariana. “O Carnaval de São José está melhorando muito, a cada ano fica mais animado.”

Flávia Lúcia Ramos, 40 anos, saiu da Vila São Benedito, região sudeste, para “aterrissar” em Eugênio de Melo com um grupo de dez familiares, formado por namorado, tia, primos e as crianças. “Conheço o grupo, é ótimo, faz um show muito gostoso”, afirmou.

Neste ano, Flávia resolveu participar mais do Carnaval de São José. “Nunca tinha saído em blocos aqui, mas desta vez fomos no Galinha D’Angola, no domingo. Estava muito bom”, ressaltou. Ela só lamentou que a matinê dessa segunda tivesse terminado para que os músicos do show passassem o som dos seus instrumentos. “As crianças mereciam mais”, observou.

Flávia, assim como todos que têm crianças que gostam de Carnaval, não precisa reclamar. Nesta terça-feira, a partir das 14h, uma grande matinê vai encerrar o Carnaval de Eugênio de Melo. É só comparecer e curtir.

Segurança

Assim como tem ocorrido em todos os eventos do Carnaval Consciente, a segurança é total. Em Eugênio de Melo, o time foi formado por integrantes da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil e por agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana. Agentes do DFPM (Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais), também cuidaram de coibir o comércio ambulante.

Consciente

A Prefeitura de São José dos Campos criou neste ano o Carnaval Consciente, que une organização, conscientização e fiscalização para que a festa seja vivida com segurança e tranquilidade.

Foram confeccionados leques em cartolina para levar a mensagem da festa. Trazendo a frase “No Bloco da Diversão é 100% Prevenção!”, os leques estão sendo distribuídos em clubes e bares, nas manifestações de rua e nas brincadeiras promovidas nos distritos de Eugênio de Melo e São Francisco Xavier.

Veja as dicas do Carnaval Consciente:

. Se beber, não dirija

. É crime fornecer e vender bebidas para menores de 18 anos

. Sexo seguro, só com camisinha

. Evite os excessos

. Respeite as leis de trânsito

. Respeite os foliões. A diferença entre paquera e assédio é o não


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Governança