Prefeitura faz arrastões de combate à dengue pela cidade
Atualizado em 06/05/2019 - 10:41
Arrastão contra a dengue na zona norte
Equipes do CCZ farão visitas de casa em casa durante os arrastões programados para o mês de maio em todas as regiões - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A Prefeitura de São José dos Campos inicia nesta semana, arrastões de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses (dengue, zika e chikungunya) em todas as regiões da cidade. A ação, que prossegue durante o mês de maio, é uma importante forma de prevenção das doenças, que precisa do apoio da população, no momento em que os casos de dengue crescem em todo o Brasil.

Nesta sexta-feira (3), o Centro de Controle de Zoonoses divulgou o resultado da segunda avaliação de densidade larvária (ADL) realizada este ano, que apontou Índice Breteau (IB) de 1,1, praticamente o mesmo número registrado em janeiro, na primeira pesquisa, que foi de 1,0. Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de 1,0 a 3,9 é considerada estado de alerta em relação à infestação de larvas do mosquito.

Embora o controle das larvas esteja sob controle, a Secretaria de Saúde mantém suas equipes na rua, realizando ações de prevenção e trabalho educativo, alertando a população sobre a necessidade de eliminação dos criadouros.

Os arrastões começam na segunda-feira (6) e prosseguem até sexta (10), das 9h às 16h30, conforme programação abaixo. O objetivo é retirar o maior número possível de criadouros, recolhendo objetos que podem acumular água, além de fazer uma varredura contra o mosquito.

Os agentes passarão de casa em casa orientando e auxiliando os moradores a recolher todo o material que pode ser descartado e aplicando larvicida em criadouros fixos. Um caminhão passará recolhendo todo o material.

Vale ressaltar que a Prefeitura não vai recolher móveis, como sofás e camas. Apenas os criadouros, aqueles objetos que podem juntar água e, por isso, representam perigo por favorecer a proliferação do mosquito.

Avaliação larvária

Esta segunda ADL do ano foi realizada de 15 a 30 de abril. Foram pesquisadas 42 áreas de São José dos Campos, incluindo os distritos de Eugênio de Melo e São Francisco Xavier. Os agentes vistoriaram um total de 18.726 imóveis e colheram 235 amostras. Os principais recipientes encontrados foram prato de planta, vasos de planta na água, tambor e lona.


Programação de arrastões – das 9h às 16h30

Segunda e terça-feira

Região central – Jardim Esplanada, Vale dos Pinheiros, Nova América e Esplanada do Sol

Região leste – Jardim São Vicente, Nova Detroit, Pararangaba e São Inês 2

Quarta e quinta-feira

Região sul – Jardim América, Jardim Paraíso, Jardim Anhembi, Residencial União, Jardim Juliana, Jardim Morumbi

Região leste – Capão Grosso, Jardim Ebeneser, Nova Esperança, Santa Hermínia, Jardim Castanheira, Morada do Fênix

Sexta-feira

Região sul – Torrão de Ouro, Jardim Interlagos, Jardim Mesquita

 

 

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde