Escolas abrem as portas à comunidade aos fins de semana
Atualizado em 03/05/2019 - 17:07
cerca de 30 alunos de 6 a 14 anos, participam aos sábados (9h às 11h), de aulas gratuitas de takedown na Emef Profª Elza Regina F. Bevilacqua, localizada no Jardim Estoril
Cerca de 30 alunos, de 6 a 14 anos, participam aos sábados de aulas gratuitas de taekwondo na escola Elza Regina Bevilacqua - Foto: Divulgação

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

A Prefeitura de São José dos Campos disponibiliza, aos fins de semana, os espaços físicos das escolas municipais de ensino fundamental para atividades da comunidade.

Capoeira, artes marciais, lições de cidadania e cultura são algumas das atividades realizadas nas unidades escolares.

Todos os sábados, das 9h às 12h, a escola Vera Lúcia Carnevalli Barreto, em Santana, região norte da cidade, abre as portas para a Roda de Capoeira coordenada pelo professor Luis Alberto de Souza.

Lousa, lápis de cor, caneta e cadernos dão lugar à atividade declarada pela Unesco como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

“Aos sábados, nossa escola se transforma em um espaço de socialização, que envolve toda a família. Mais do que movimentação corporal, trabalhamos canto, música e preservação dessa cultura popular”, contou Souza, que durante a semana ministra aulas de arte na instituição de ensino.

Na região sul, cerca de 30 alunos, de 6 a 14 anos, participam de aulas gratuitas de taekwondo na escola Elza Regina Bevilacqua, no Jardim Estoril. A atividade acontece aos sábados, das 9h às 11h.

Integrante da Seleção Brasileira paraolímpica de taekwondo, Alexandre Daniel dos Santos encontrou na atividade uma alternativa para inclusão.

“Sempre gostei de trabalhar com crianças. Quando iniciei as aulas na escola, o objetivo era atender alunos com deficiência. A demanda para esse público não era muito grande. O número de alunos foi aumentando e, hoje, o principal foco do trabalho é a inclusão”, explicou.

Cidadania, esporte e cultura

Por mês, cerca de 300 crianças e jovens com idades entre 7 e 17 anos recebem aulas sobre cidadania, esporte, cultura e lazer em outros dois pontos da cidade.

Na escola Dom Pedro de Alcântara, no Dom Pedro 1º, região sul, as atividades acontecem todos os sábados, das 8h45 ao meio-dia.

Domingo é a vez dos jovens da região leste receberem as ações na escola Rosa Tomita, no Jardim São José 2.

“A escola municipal aberta aos fins de semana ajuda muito a sociedade. Os ensinamentos praticados pelos jovens são computados e eles recebem prêmios como caixa de bombom, barra de chocolate, ficam felizes com os mimos. A equipe gestora das unidades escolares é muito atenciosa. Esse apoio é fundamental”, contou Gilmar Nunes, idealizador do Projeto nas escolas Rosa Tomita e Dom Pedro de Alcântara.

Os interessados em usarem o equipamento público devem preencher um termo de responsabilidade e encaminhar à direção das unidades escolares com antecedência mínima de 15 dias, acompanhada de justificativa sobre o interesse público para a cessão, conforme portaria nº36/SEC/17.

 

 

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania