Feira de Adoção garante novo lar para pets do CCZ
Atualizado em 25/05/2019 - 20:12
FEIRA DE ADOÇAO CCZ - 25-05-2019 - LUCAS CABRAL
CCZ disponibilizou, nesta edição, 23 cães para adoção - Foto: Lucas Cabral/PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Saúde

“Acho que ela vai adorar a gente.” Nicholas Oliveira, 7 anos, demonstrou alegria logo que a família adotou Lucy na manhã deste sábado (25), na feira de adoção do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), da Prefeitura de São José dos Campos.

Nicholas foi acompanhado do irmão, Gabriel, de 2 anos, e dos pais, Paula Gomes Oliveira e Tiago Vitório Matos, procurar uma nova companheira para a família. À primeira vista, as crianças se encantaram por uma fêmea de pelos escuros. Imediatamente a batizaram de Lucy.

“Faz um tempo que queríamos adotar um cachorrinho para fazer companhia para o outro que temos e também alegrar nossa casa. As crianças adoram. Adoção responsável é muito importante e faz a diferença. Quanto mais pessoas adotarem, melhor”, disse Paula.

O CCZ disponibilizou, nesta edição, 23 cães, sendo 13 adultos (11 machos e 2 fêmeas), 10 especiais (7 machos e 3 fêmeas), além de 4 gatos, todos filhotes (2 machos e 2 fêmeas).

As feiras de adoção do CCZ têm contribuído para que muitos animais encontrem um novo lar. Os interessados em adotar algum animal precisam ser maiores de idade e comparecer ao CCZ portando RG e CPF.

Adoção responsável

Segundo do CCZ, as feiras são importantes porque todos os animais disponíveis podem ser visitados, diminuindo a adoção por impulso, uma vez que quem se desloca até a unidade vai com o propósito de levar o animal para casa.

Existem dois tipos de adoção. O primeiro para animais saudáveis e castrados, a maioria, onde é preenchido um Termo de Adoção, em que a pessoa toma ciência dos cuidados e da posse responsável em manter o animal devidamente vacinado, vermifugado, abrigado e alimentado adequadamente.

O outro tipo de adoção é para animais filhotes que não estão castrados, seja por idade ou por se encontrarem em meio ao protocolo de vacinação, ou animais especiais (que portam doenças crônicas ou físicas), que exigem cuidados maiores para a manutenção da sua saúde.

Neste caso, é feito um Termo de Adoção Direcionada, onde há compromissos com o CCZ para que sejam realizadas a castração e os cuidados preservados.

É permitido um período de experiência por 15 dias, em ambas as situações, para avaliação e adaptação do animal aos novos donos e moradia. Após esta etapa, o animal é considerado de fato adotado e não há possibilidade mais de devolução.

O CCZ fica George Willians, 581, Parque Industrial, na região sul da cidade.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde