Intercentros reúne cerca de 550 nadadores na Casa do Jovem
Atualizado em 09/06/2019 - 22:35
Campeonato Intercentros de Natação Casa do Jovem  09 06 2019
Cerca de 550 alunos das escolinhas de natação da Prefeitura disputaram a segunda etapa do circuito - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Wagner Matheus
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida

Durante todo o domingo (9), entre 8h e 17h, alunos das escolinhas mantidas pela Prefeitura de São José dos Campos competiram na segunda etapa do Circuito Intercentros de Natação. Neste ano, em que se disputa a décima primeira edição do evento, participaram cerca de 550 atletas de 15 unidades esportivas.

Cerca de 300 pessoas, entre nadadores e familiares, ocuparam a arquibancada da piscina da Casa do Jovem, em Santana, na região norte. As provas reuniram atletas entre 7 e mais de 70 anos, divididos em 20 categorias, incluindo PCD (pessoas com deficiência).

Todas as etapas do circuito contam pontos para o ranking dos atletas. Após a quarta etapa, prevista para o dia 11 de novembro, serão conhecidos os vencedores de edição de 2019 do circuito. Em cada etapa, os três primeiros colocados recebem medalhas e, ao final das quatro etapas, a premiação será feita com troféus.

Todas as idades

O Intercentros tem o mérito de reunir em uma mesma competição atletas de todas as idades, mesclando também os mais experientes com os novatos.

Joaquim Roberto de Oliveira, 64 anos, morador do Jardim Satélite, na região sul, não teve dificuldade para vencer sua prova de 25 metros nado livre. Praticando natação há mais de 30 anos, ele encontrou no esporte a manutenção da saúde. “Depois de uma cirurgia de coração, onde foram colocadas três pontes de safena, ou eu me mexia, ou morria. O esporte me salvou”, garantiu.

Joaquim treina de três a quatro vezes por semana na piscina da Casa do Jovem, mas a sua preferência é pelas competições no mar. “Disputo os circuitos de águas abertas e por isso me sinto muito preparado nas provas em piscina”, explicou o veterano nadador.

Na arquibancada, assistindo à prova que Joaquim disputava, estava a pequena Maria Eduarda Fernandes Fantucci, de 8 anos, moradora no Jardim São Judas Tadeu, na região sudeste. Ela frequenta a escolinha do Centro Poliesportivo do bairro há menos de um ano e, na tarde deste domingo, disputaria sua primeira competição.

“Aprendi rapidinho, não falto em nenhuma aula e até sonhei na noite passada com a competição de hoje”, contou a menina, que frequenta a escolinha às quartas e sextas-feiras. Junto com ela na arquibancada, estavam os pais, Jonas e Nathália, e o irmão menor, Carlos Eduardo, todos muito orgulhosos com a mais nova atleta da família.

Criado pela Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida, o Intercentros tem como objetivos proporcionar a vivência no esporte para os alunos e também descobrir novos talentos para as equipes de base mantidas pelo programa Atleta Cidadão.

 

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida