Dança e educação marcam formação para educadores
Atualizado em 06/06/2019 - 19:00
Encontro com a pedagoga e Artista Isabel Marques no CEFE  06 06 2019
Encontro aconteceu durante as atividades do HTC (Horário de Trabalho Coletivo) - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Com o objetivo de ampliar as práticas em sala de aula, com foco no estudo das linguagens (poesia, tecnologia, teatro e dança), cerca de 100 educadores que ministram aulas de arte e música na rede de ensino municipal de São José participaram nesta quinta-feira (6) de mais um encontro com a pedagoga e artista Isabel Marques.

O encontro, organizado pela Prefeitura por meio da Secretaria de Educação e Cidadania, aconteceu durante as atividades do HTC (Horário de Trabalho Coletivo), no Cefe (Centro de Formação do Educador), em Santana, região norte da cidade.

Graduada em Pedagogia pela USP, com mestrado em Arte pelo Laban Centre, Londres, hoje Trinity Laban, Isabel Marques desenvolveu uma proposta pioneira para o ensino de dança que integra o trabalho artístico e o ensino dentro de uma perspectiva crítico social contemporânea. 

“O Brasil é um país que dança. A grosso modo existem muitas possibilidades para aprender dançar. Mas, se a gente pensar a dança como conhecimento e experiência estética, a escola oferece essa faceta. Esse é um diferencial que só a escola pode trazer”, disse Isabel Marques.

Entre os objetivos dos encontros estão a formação sobre os trabalhos desenvolvidos pela pedagoga na interface entre a dança e educação, alinhando a poesia e tecnologia.

Para o professor Luiz Alberto de Souza, da Emef Vera Lúcia C. Barreto, em Santana, as formações possibilitaram novos olhares e repertório, que agregam valores em sala de aula.

“Já realizei algumas atividades neste sentido com os alunos. Refletimos a proposta em sala de aula e eles gostaram muito. Inserir a dança nas aulas é um outro espaço da arte. Esse tipo de atividade sai desse ambiente de carteira, movimenta o corpo e eles gostam muito”, afirmou o educador.

Artes Integrada

Conforme propõem a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), a formação Artes Integradas tem como objetivo ampliar as práticas em sala de aula com foco no estudo das linguagens: poesia, tecnologia, teatro e dança.

As atividades aprimoram os saberes dos professores de arte com reflexo nas propostas oferecidas aos alunos da rede municipal.

 Horário de Trabalho Coletivo

O HTC (Horário de Trabalho Coletivo) desenvolvido pela Prefeitura de São José dos Campos, oferece para aos educadores da rede municipal encontros com planejamento coletivo, discussões da prática pedagógica, estudos em grupo, trocas de experiências, palestras, cursos e oficinas com especialistas renomados de diversas áreas, garantindo assim, uma formação continuada.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania