Escola da região leste recebe espetáculos do Festidança
Atualizado em 19/06/2019 - 18:29
Apresentação do Festi Dança no Emef Possidônio no Galo Branco  19 06 2019
A atração parte que faz parte 30ª edição do Festidança, promovido pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo e Prefeitura de São José - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Muito utilizada para atividades físicas, a quadra da Emef Possidônio José de Freitas, no Galo Branco, região leste da cidade, transformou-se nesta quarta-feira (19) em palco para apresentações da Academia Ballet Studio Clara Iriê e Companhia de Dança Priscila Mota.

A atração, que faz parte 30ª edição do Festidança, promovido pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo e Prefeitura de São José dos Campos, encantou 150 alunos dos 6º e 7º anos.

Para Willian Miguel Silva, do 6º ano, esse tipo de atividade é uma maneira de incentivar novas experiências. “Atividades assim abrem nossa mente para um envolvimento maior com a arte e assim apreciá-la no nosso cotidiano”, disse.

A harmonia e precisão nos movimentos foram apontados pelo estudante José Raphael Carvalho, também do 6º ano, como ponto alto da apresentação. “Fiquei emocionado com as apresentações. Achei muito bonito o jeito como os artistas se colocaram, de uma forma linda e harmoniosa. O empenho das pessoas que se apresentaram nos motiva a buscar os nossos sonhos e perceber que com motivação podemos alcançar os nossos objetivos”, afirmou.

“Tudo muito lindo. Foi muito bom assistir a essas apresentações junto com os colegas e, por meio da dança, observar as diferentes culturas e diversas formas de expressar a arte. Na nossa escola, observamos que arte não é apenas desenhar ou pintar, mas possui um campo muito maior”, concluiu Ana Alice Pereira, aluna de 7º ano.

30ª Festidança

Promovido pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo e Prefeitura de São José dos Campos, a 30ª edição do Festidança promete movimentar todos os cantos da cidade com diversidade de ritmos até o próximo domingo (23).

O tradicional festival é uma oportunidade diferenciada aos bailarinos e academias de mostrar seus potenciais e de aprender com as apresentações das companhias convidadas e com os workshops e palestras de profissionais.

A dança movimenta também a economia. Neste ano, foram selecionados 150 grupos de dança com 392 coreografias. O setor envolve figurinistas, cenógrafos, professores, maquiadores, costureiros, centenas de academias (pequenas e microempresas), aquecendo o mercado de milhares de profissionais.

Com o tema “A escola é o meio”, a 30ª edição promete encantar o público com as apresentações e premiar os destaques desta grande festa. O público vai poder prestigiar os espetáculos de balé, jazz, danças contemporâneas, étnicas, urbanas, salão, sapateado, populares e folclóricas.

A novidade deste ano são as bolsas de estudo e os cursos oferecidos por festivais e escolas parceiras, que darão oportunidades de aperfeiçoamento na dança em festivais e escolas nacionais e internacionais. Além disso, a FCCR contemplará os selecionados que receberem a bolsa com uma ajuda de custo para custear as despesas durante os cursos ou festivais em que foram selecionados.

Os tradicionais prêmios, em dinheiro, para os melhores bailarinos e o destaque do Festival foram mantidos. E os participantes que se classificam em 1º, 2º e 3º lugares, em cada estilo de dança, recebem troféu.

Mais informações sobre a 30ª edição do Festidança acesse da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

 


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania