Dia da Mulher Negra reúne cerca de 200 mulheres
Atualizado em 26/07/2019 - 12:40
Dia da Mulher Negra
Roda de conversa "Racismo Institucional e seu Impacto na vida das Mulheres Negras" aconteceu no Centro da Juventude - Foto: Divulgação

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

O Dia da Mulher Negra, em São José dos Campos, reuniu cerca de 200 pessoas nesta quinta-feira (25). A roda de conversa "Racismo Institucional e seu Impacto na vida das Mulheres Negras" aconteceu no Centro da Juventude.

O encontro, realizado em parceria com o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e com o Comitê de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil, teve como objetivo dialogar com o movimento de mulheres. E também fazer com que se organizem como um dos grupos prioritários na implementação das Políticas de Promoção da Igualdade e Enfrentamento ao Racismo.

“Esse evento tem muito a agregar. Seria até como um grito de liberdade para muitas coisas. A luta é diária e constante, mas estamos batalhando para ter um resultado positivo para que todas entrem de forma positiva no mercado de trabalho”, afirmou Rose Guedes, 49 anos, integrante do Grupo Mulheres do Brasil.

“Para nós, mulheres negras, o dia de hoje representa a liberdade e a consciência de que nós temos muito a oferecer para a sociedade, que temos nossa identidade e que também podemos fazer a diferença por onde passarmos. Esse encontro é um presente para todas nós”, disse Shirlleni Monticelli, 44 anos, líder do comitê da Igualda do Grupo Mulheres do Brasil.

No Encontro em Comemoração ao Dia da Mulher Negra, latina-americana e caribenha, todos puderam compartilhar trajetórias de vida, experiências profissionais, promover a reflexão sobre o racismo institucional e o seu impacto na vida das mulheres negras, além de ser uma oportunidade para as participantes conhecerem as histórias de escritoras negras contemporâneas.

O evento teve a participação especial de Sonia Guimarães, doutora em Física e professora do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica); Carolina Félix, jornalista e apresentadora da TV Novo Tempo; Janaína da Silva Melo, empreendedora proprietária do Instituto de Beleza Dandara Soul; Shirlei Veríssimo, psicóloga com especialização em atendimento a mulheres vítimas de violência e Mirela Alencar, advogada.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão