Festa de aniversário terá segurança reforçada com 320 pessoas
Atualizado em 23/07/2019 - 18:52
Reunião de Definição da Segurança do aniversário  SJC   27 07 2019
Reunião do comando da Polícia Militar que definiu o esquema de segurança para a festa de aniversário de São José: serão pelo menos 320 homens para impedir brigas e crimes - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Proteção ao Cidadão

O esquema de segurança para os shows do aniversário de 252 anos de São José dos Campos no próximo sábado (27) foi definido em reunião nesta terça-feira (23).

O encontro foi realizado no CPI-1 (Comando de Policiamento do Interior) e contou com a participação de representantes da Prefeitura e das forças policiais que integram o programa São José Unida, que tem como objetivo prevenir e reduzir a criminalidade no município.

Pelo menos 320 pessoas estão envolvidas no esquema de segurança da festa, representando a Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Tiro de Guerra, Defesa Civil e fiscalização.

Os principais objetivos da operação são a prevenção a brigas, tumultos, furtos e roubos, assim como o combate à entrada de bebida alcoólica e ao comércio clandestino.

Monitoramento

A GCM terá 80 guardas e será responsável pelas ações no interior do parque. A partir das 7h e até o final das atividades os 80 guardas civis municipais estarão nas portarias – onde serão usados detectores de metais – e em toda a área interna.

Serão utilizados dois ônibus que funcionam como bases de videomonitoramento, carros nas portarias e no entorno, e motos no interior do parque.

Três drones da Prefeitura e da Polícia Civil irão realizar o monitoramento aéreo da multidão.

A Polícia Militar atuará com 57 soldados da Atividade Delegada, em parceria com a Prefeitura, além de outros de plantão. Já a Polícia Civil terá 25 homens, com plantão no 4º Distrito Policial para atendimento exclusivo de eventuais ocorrências. As duas forças policiais responderão pela segurança no entorno e na área externa do Parque da Cidade.

O Tiro de Guerra irá participar com 80 atiradores, que trabalharão na entrada do evento fazendo a identificação de crianças e na área reservada ao público.

Fiscalização

Um total de 50 funcionários e voluntários da Defesa Civil terá três tarefas no esquema de segurança: atuarão como Brigada de Combate a Incêndios, no apoio aos primeiros socorros e no atendimento a crianças perdidas dos responsáveis.

O DFPM (Departamento de Fiscalização e Posturas Municipais) convocou 28 fiscais para a festa. Eles combaterão a venda de bebidas e o comércio irregular.

O objetivo das instituições responsáveis pela segurança é repetir o sucesso das operações realizadas em 2017 e 2018, que transcorreram sem nenhum incidente grave.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão