‘Educação Inovadora’ é tema de formação da Fundhas
Atualizado em 23/07/2019 - 12:50
Capacitação de Professores  da Fundhas  Centro da Juventude  22 07 2019
Capacitação de educadores sociais e professores marca início das atividades do 2º semestre na Fundhas - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Paula Pessoa
Fundhas

Inovação, tecnologia, habilidades, empatia e alto desempenho. Estes foram alguns dos conceitos abordados na capacitação que professores, educadores sociais e demais profissionais da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) participaram nesta segunda-feira (22).

O evento abriu oficialmente o 2º semestre de atividades da Instituição e reuniu especialistas no auditório do Centro da Juventude, no Parque Industrial, com aproximadamente 200 profissionais da Divisão responsável pelo atendimento de crianças e adolescentes, que têm idades entre 6 e 14 anos.

As atividades retornam normalmente nas Unidades desta divisão, a partir desta terça-feira (23). 

Aprendizado com trocas de experiências

Roberta Aparecida Bento e Tais Fernanda Bento Santos são especialistas em aprendizagem e criadoras do site SOS Educação, elas abriram o evento com informações sobre neurociência e experiências de vida.

A dupla é de São José dos Campos e compartilhou relatos da trajetória de vida, marcada por superação e conquistas, que emocionaram o público. Foi na região sul do município que Roberta aprendeu a ler e escrever antes de ganhar o mundo trabalhando com Educação.

“Estar aqui na Fundhas é muito gratificante para nós. É como voltar para casa para agradecer e poder ‘dar um gás’ para os professores, que devem seguir em frente, pois fazem a diferença. É gratificante fazer parte deste processo, sabemos que vai mudar a vida desses alunos”, afirmou.

Juntas, criaram em 2014 a plataforma ‘Socorro! Meu filho não estuda’ e dão consultoria sobre motivação de crianças para estudarem com prazer, além de escreverem para revistas e serem palestrantes.

“Toda palestra que damos nos passa energia boa das pessoas, mas essa, foi melhor ainda, por conhecermos o trabalho e as melhorias que estão sendo feitas e por ser em São José, nossa cidade. Falamos com professores de todo Brasil, então, poder vir falar aqui foi muito gratificante”, disse Taís.

Inovação e empatia

O período da tarde foi voltado ao tema “Ambientes educacionais inovadores”. Com muita informação e bom humor, o professor André Guadalupe, co-fundador de uma editora e sistema de ensino, consultor e também co-fundador de colégio, trocou experiências com o público baseado em seus 26 anos de vivência. A importância do afeto nas relações interpessoais teve destaque especial.

 “A formação de professores é de uma importância absoluta. Vivemos numa era de aceleração de transformação, as coisas estão muito dinâmicas, é necessário em alguns momentos parar, reunir o time e alinhar metas e propósito", disse.

"Minha contribuição aqui foi fomentar um pouquinho essa mudança de cenário, mudança do perfil dos jovens e o quanto precisamos ter empatia com aquilo que fazermos nas escolas e em instituições como a Fundhas, que é cuidar das pessoas. Para que elas se sintam cuidadas e possam cuidar umas das outras”, completou. 

Motivação

A professora de artes, Tânia Castro Geraseev, e o técnico agrícola, Luiz Jacinto da Silva, trabalham há 23 anos na Fundhas e aprovaram o evento.

“O que achei mais interessante e que me surpreendeu foi conhecer a história fantástica de resiliência da Roberta. Ela é daqui, foi para o exterior e voltou para compartilhar conosco. Ouvir a experiência pessoal e os conhecimentos foi muito bacana, nos mostra que é possível. E começar o semestre assim nos renova”, afirmou Tânia.

 “Se caminhamos para as novidades e o futuro, ter capacitações como essa, desse nível, é excelente. Valeu a pena, gostei muito e quero me aprimorar ao máximo”, disse Jacinto.

Formações

Os profissionais da Divisão de Empregabilidade, responsáveis pelas unidades que atendem alunos de 14 a 17 anos, se encontram na terça-feira (23), no auditório da Fundhas, para apresentação de novidades e palestra sobre Inteligência Emocional.

Os professores do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) farão planejamento pedagógico entre os dias 22 e 24, das 18h30 às 21h30.

Durante as formações, a Fundhas oferece momentos de integração e capacitação a seus profissionais afim de motivá-los e manter a excelência no atendimento socioeducativo e de educação profissional.

 


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas