Com a chegada do frio, São José amplia vagas em abrigos
Atualizado em 06/07/2019 - 19:49
APOIO SOCIAL - 06-07-2019 - LUCAS CABRAL
Abordagem realizada pela Prefeitura de São José na noite deste sábado (6) - Foto: Lucas Cabral/PMSJC

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Com a chegada do frio mais intenso, a Prefeitura de São José dos Campos realiza uma “Ação Especial” para garantir o acolhimento das pessoas em situação de rua. O número de vagas nos abrigos foi ampliado.

Além da ampliação das vagas, as abordagens foram intensificadas principalmente no período noturno a partir deste sábado (6).

Com essa expansão, o mesmo serviço que os moradores recebem hoje será garantido a todos que aceitarem o acolhimento.

É importante ressaltar que São José tem vagas disponíveis para acolher todos os moradores em situação de rua na cidade.

Abrigos Municipais para pessoas em situação de rua

Abrigo Viva Masculino

Abrigo Viva Feminino/LGBT

Abrigo Viva Masculino para pessoas com limitações para vida diária

Todos os munícipes podem ajudar os moradores que se encontram nessa situação, informando sobre os locais onde se encontram pelo telefone 153.

Abordagem Social

O trabalho da abordagem social envolve 10 peruas kombi identificadas como “Apoio Social”, que trabalham 24 horas no reconhecimento dos espaços públicos com maior concentração de pessoas em situação de rua.

As equipes de Apoio Social monitoram praças, parques e ruas para identificar pessoas que utilizam os espaços públicos como forma de moradia e/ou sobrevivência.

Abrigos

A Prefeitura de São José possui o serviço de acolhimento que integra o projeto Viva (Vivência, Inserção, Valorização e Acolhimento), que visa o resgate da cidadania das pessoas por meio de um acolhimento mais humanizado, em abrigos com espaços que possuem atividades como oficinas, atendimentos em grupo e individualizados, desenvolvidos por equipes especializadas.

Os abrigos oferecem acolhimento pelo Serviço Social, refeições, cama, banho quente (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar), pernoites, atendimento e acompanhamento psicossocial, oficinas e inclusão no Cadastro Único, para que tenham acesso aos outros programas e projetos Inter setoriais, bem como acompanhamento e apoio para acesso aos documentos e garantias de direitos e cidadania, além de canis e gatis que foram construídos para que os animais possam ficar perto de seus donos.

Migrante

Preocupada com a situação dos migrantes no município, a Prefeitura realiza um trabalho para ajudar esses moradores em situação de rua a restabelecerem seus vínculos familiares, ajudando com o Atendimento ao Migrante, onde é verificada a documentação e a cidade de origem, além do fornecimento do banho e da alimentação.

Em seguida, com os documentos em ordem, é comprada a passagem de ônibus para que possam voltar para as suas cidades. Se caso essas pessoas não estiverem com a documentação necessária para que possam embarcar em ordem, elas são encaminhadas para os abrigos e orientadas a darem prosseguimento na retirada dos documentos para que assim possam retornar às suas cidades de origem.

O Atendimento ao Migrante também é realizado com educadores sociais dentro da rodoviária acolhendo essas pessoas que chegam na cidade sem destino, tentando com isso, evitar que elas morem nas ruas.

Parcerias

A Secretaria de Apoio Social ao Cidadão realizou parceria com uma rede de voluntariado da cidade, com 30 grupos da sociedade civil composto por cerca de 1.000 munícipes que poderão colaborar, de forma voluntária, com a Prefeitura realizando, nos espaços dos abrigos, ações que desejarem como oficinas, doação de roupas entre outros.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão