Reunião amplia participação popular na discussão da tarifa do transporte público
Atualizado em 01/02/2019 - 14:17
Transporte Coletivo 23 02 2018
O Índice de Qualidade do Transporte (IQT) é um dos temas que será abordado neste sábado, no Cefe - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

Neste sábado (2), a Prefeitura de São José dos Campos vai realizar uma reunião pública para tratar de assuntos relacionados ao sistema de transporte público da cidade. O encontro está marcado a partir das 8h, no Cefe (Centro de Formação do Educado), localizado à avenida Olivo Gomes, 250 – Santana.

Para participar não há necessidade de qualquer tipo de inscrição. Basta comparecer ao local para conhecer mais sobre o sistema, esclarecer dúvidas e conversar com a equipe técnica.

A demonstração dos dados, numa reunião aberta ao público, vai dar ainda mais transparência às informações, já disponibilizadas no site oficial, assim como ao processo de revisão tarifária.

Neste sentido, a pauta conta com os seguintes tópicos:

  • Índice de Qualidade do Transporte – IQT
  • Estudos do Cálculo Tarifário de 2019
  • Sistema de bilhetagem eletrônica
  • Pesquisa de Satisfação ao Usuário
  • Dados do Sistema 156 relativos ao transporte público
  • Atividades do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana


Conselho Municipal de Mobilidade Urbana

Nesta semana, a Prefeitura também deu início às atividades do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana (Comob), instituído pela Lei nº 9.779 no ano de 2018.

Composto por 19 membros, entre eles representantes da Administração Municipal, entidades, associações e usuários do transporte público, o conselho tem a função de acompanhar, monitorar e avaliar a implementação de políticas, programas, projetos e ações do município na área de mobilidade urbana, encaminhar propostas, conhecer os estudos técnicos, assim como fornecer subsídios para esclarecimentos relativos à sua área de atuação aos órgãos públicos e a comunidade. Não cabe ao Conselho deliberar sobre qualquer um destes assuntos.

A criação do Comob está prevista dentro do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, cujas premissas são dar equidade no uso do espaço público e no acesso dos cidadãos ao transporte público coletivo, eficiência na prestação dos serviços de transporte urbano, mobilidade às pessoas com deficiência e com restrição de mobilidade, permitindo o acesso de todos à cidade e aos serviços urbanos, entre outros.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana