Com baixa no estoque, Banco de Leite do HM precisa de mais doadoras
Atualizado em 28/02/2019 - 17:15
Banco de Leite do HM   18 05 2018
O Banco de Leite do Hospital Municipal atende os bebês internados nas UTI's neonatais de hospitais públicos e privados - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

O Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, unidade da Prefeitura de São José dos Campos administrada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), está com o estoque do Banco de Leite em baixa e precisa de doadoras. Atualmente, o banco tem apenas 40 litros de leite pasteurizado em estoque, quando o ideal seria 80.

“Devido à baixa do estoque, precisamos fazer uma triagem e priorizar os recém-nascidos que mais precisam”, explicou Luciana Camila da Cunha, enfermeira e responsável técnica pelo Banco de Leite.

Atualmente o HM tem 65 doadoras e 58 receptoras. São coletados cerca de 82,2 litros de leite por mês e distribuídos 70,8 litros. Aproximadamente 25% do leite recebido pelas doadoras são desprezados após não passarem no processo de qualidade.

Luciana lembra que, em períodos de sazonalidade, como férias, festas de fim de ano, Carnaval, costuma haver menos coleta de leite. Ela lembra ainda que ter muitas doadoras não significa necessariamente ter muitos litros de leite, porque cada mulher tem um organismo diferente e doa quantidades diferentes.

Referência

O Banco de Leite do HM, único de São José dos Campos, é referência para as UTI's neonatais do município e outras cidades da região, como Jacareí e Caçapava. Atende também a rede privada.

Além de entregar o kit para doação e coletar o leite na casa das doadoras, o Banco de Leite é responsável por ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. O leite passa por uma seleção, classificação, processamento e controle de qualidade.

O leite materno é fundamental para o recém-nascido, em especial para os prematuros, porque promove o desenvolvimento saudável da criança e proteção imunológica.

Para doar é preciso estar amamentando e ter leite excedente, ou seja, a mãe precisa amamentar o seu bebê primeiro e, só depois, tirar o excedente para a doação. A doadora realiza uma série de exames para garantir que pode doar.

O Banco de Leite atende de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. As interessadas em doar leite podem entrar em contato pelo telefone (12) 3901-3507.

O Hospital Municipal fica na Rua Saigiro Nakamura, 800, Vila Industrial.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde