Estudantes do Morumbi participam de programa de prevenção a traumas de trânsito
Atualizado em 25/02/2019 - 18:01
Mobilidade Urbana
O programa já reuniu quase de 600 estudantes, entre 16 e 18 anos, em São José dos Campos - Foto: PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

Um grupo de alunos da escola estadual Major Miguel Naked, localizada no Jardim Morumbi, região sul de São José dos Campos, participou do programa Party de segurança no trânsito. No encontro, realizado na última sexta-feira (22), no anfiteatro do Hospital Municipal “José de Carvalho Florence”, os alunos foram alertados sobre como uma atitude irresponsável pode mudar o dia a dia, além de trazer consequências ruins para a vida toda.

As atividades começaram pelas palestras de profissionais do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), das Polícias Rodoviária Estadual e Federal, Corpo de Bombeiros, do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências), do Centro de Reabilitação Lucy Montoro, da Polícia Militar, de Agentes de Trânsito e profissionais do próprio hospital.

Na sequência da programação, os estudantes fizeram visitação pelo hospital, momento em que vivenciaram a realidade de um trauma de trânsito com a oportunidade de ter contato com uma vítima internada.

Contudo, o ponto alto do encontro foi conduzido por uma vítima de trânsito, que teve consequências severas em decorrência de um acidente. Ele contou aos participantes sobre sua experiência durante a recuperação e a nova vida pós-lesão. 

O Programa

O programa Party surgiu no Canadá há mais de 30 anos e está no Brasil desde 2008, quando foi implantado em Ribeirão Preto (SP). A partir daí, expandiu-se para outras duas cidades paulistas, Sorocaba e Campinas, além de Vitória (ES). Em 2013, o programa tornou-se Party Brasil, vinculado à Sbait (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

São José é a primeira cidade do Vale do Paraíba a integrar o Party Brasil. Lançado no município em junho de 2017, o programa já reuniu quase de 600 estudantes, entre 16 e 18 anos. Os encontros são realizados mensalmente e contemplam escolas públicas estaduais, além de alunos do 1º ano de medicina.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana