Tutores e protetores de animais aprovam programa de castração da Prefeitura
Atualizado em 15/02/2019 - 18:00
MEU PET FELIZ CCZ - 16-02-2019 - LUCAS CABRAL
O programa Meu Pet Feliz bateu recorde de castrações nesta sexta-feira: 214 procedimentos realizados no CCZ - Foto: Lucas Cabral/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

O Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura de São José dos Campos realizou, nesta sexta-feira (15), a castração de 214 cães e gatos cadastrados no programa Meu Pet Feliz, um recorde desde o lançamento do programa em agosto do ano passado. As cirurgias começaram pela manhã e terminaram no final da tarde.

Protetora independente de animais, Cristiane Aparecida, moradora do bairro Jardim das Indústrias, levou dois cachorros para serem castrados. “Durante as minhas folgas tento alimentar os cachorros de rua, dar água, comida”, disse Cristiane, que após a castração devolveria os animais para sua tutora.

Ana Maria, moradora do Jardim Paulista, tem 18 gatos resgatados e 3 cachorros. “O programa é excelente, é o que estava faltando em São José, um serviço gratuito para protetores e animais que ficam abandonados na rua. É importante porque eles não ficam doentes”.

Sabrina Lombardi, moradora do Bairro dos Freitas, é presidente do Projeto Abrigo Escola, que atualmente conta com 100 animais de rua ou vítimas de maus tratos, todos resgatados no município de São José dos Campos e região. “O programa Meu Pet Feliz foi uma oportunidade muito boa, principalmente para ONG’s e protetores, pois dá a oportunidade de castrar animais de rua”.

Além das castrações, nesta sexta-feira também foram realizados procedimentos de retirada de pontos de animais que já passaram pela cirurgia.

As castrações do Meu Pet Feliz já passam dos 1.300 procedimentos. A meta, em um ano, é realizar 5.000 castrações gratuitas.

O novo período de inscrições para a realização de novas castrações será aberto no site da Prefeitura até o final deste mês. Serão disponibilizadas 1.000 vagas gratuitas. Os interessados devem ficar atentos à divulgação sobre o início do período de inscrições, pois nas duas primeiras fases as vagas se esgotaram em poucas horas.

A coordenação do programa lembra que, ao receberem o e-mail de convocação, os tutores devem comparecer ao CCZ para a assinatura de documentos com a confirmação da data do agendamento da cirurgia. A medida visa reduzir o número de faltas.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde