Festa do Mineiro atrai famílias com arte, sabor e hospitalidade
Atualizado em 27/04/2019 - 16:30
18º Festa do Mineiro  27 04 2019
Festa do Mineiro atrai famílias e evidencia hospitalidade joseense - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Rodrigo Luiz Ribeiro
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

São José dos Campos é hospitaleira e o povo mineiro sabe disso. Reduto principalmente de pessoas vindas do Sul de Minas Gerais, a cidade recebe neste sábado (27) e domingo (28) a 18ª Festa do Mineiro, tradicional evento que reúne artesanato, comidas e músicas típicas.

Neste sábado, ao se aproximarem do Pavilhão Gaivotas, no Parque da Cidade, os visitantes já começavam a sentir a presença mineira. A cada passo, o volume da viola caipira aumentava e o aroma da culinária já aguçava o paladar para uma galinhada, feijão tropeiro ou arroz carreteiro no almoço.

O morador do Jardim Santa Júlia, na região sudeste, Elton Henrique de Faria, de 32 anos, aproveitou para curtir o evento com toda a família. “Fiquei sabendo pelos meus amigos mineiros. Viemos para comer, passear e aproveitar com as crianças. Esta é a segunda vez que venho”, conta Elton, natural de São Lourenço, mas que vive há 11 anos em São José.

Sabor

A senhora Justina Aparecida Moreira, de 69 anos, que mora no Jardim Ismênia, zona leste, foi uma dos responsáveis por levar o sabor de Minas Gerais ao público. Dona de um restaurante no Bairrinho, também na zona leste, e com um estande na festa, ela faz questão de marcar presença.

“Sou joseense e participei de todas as edições da Festa do Mineiro. A festa é ótima e sempre atrai um público muito bom”, conta Justina.

Uma das atrações mais aguardadas pelo público da Festa é o encontro de violeiros. O primeiro a subir no palco foi o Zé da Viola, com os amigos do Rancho do Tropeiro. Juntos, começaram a animar os presentes ainda na passagem de som.

A família da dona Aparecida de Oliveira, de 63 anos e moradora do Pinheirinho dos Palmares, na região sudeste, chegou cedo, garantiu a refeição e sentou na primeira fila para ouvir a viola caipira.

“Sou apaixonada pela música de viola caipira e estou vindo pela primeira vez”, diz Aparecida, que foi à Festa com o namorado, filha e quatro netos.

“Eu vim outras vezes. Gosto de tudo e a criançada gosta também”, completou Rosiane Oliveira, que mora com a mãe no Pinheirinho dos Palmares.

Programação

Dia 27 (Sábado)
9h – Abertura da porteira com berrante
10h – Missa de Abertura
11h – Distribuição de biscoito de polvilho e café com leite
12h – Grupo de Violeiros da Fundação Cultural, com Zé da Viola
12h às 22h – Oficina Livre de Luteria de Violas
13h às 22h – 1º Encontro de Violeiros
20h – Orquestra Paulistana de Violas Caipiras

Dia 28 (Domingo)
9h às 22h – Oficina Livre de Luteria de Violas
10h às 16h – 1º Encontro de Violeiros
20h – Show com a dupla Leyde e Laura

Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade / Santana
(12) 3924 7300


GALERIA DE FOTOS

MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo