Crianças têm coletores como heróis
Atualizado em 29/04/2019 - 09:10
crianças e coletores de lixo
Agentes ambientais da coleta comum são os "heróis" de muitas crianças pela cidade - Foto: Divulgação

Ana Lúcia Abranches
Urbam

Kauê, 4 anos e Kaio, 2 anos, moradores do Residencial Independência, na Vila São Geraldo são fãs dos coletores. Quando escutam o caminhão da coleta se aproximando, correm para o portão de casa. Os super heróis serão tema da festinha de aniversário de Kauê. O uniforme não vai faltar. Eles esperam os coletores uniformizados.

A mãe, Ianca Ingrid Veloso, 19 anos, conta que Kauê chorava para ver os coletores desde os dois anos. “Me mudei de bairro e acabei retornando, pois ele já se acostumou com os amigos daqui. Sempre que eles passam, o Kauê oferece água gelada. Tive que arranjar uma costureira para fazer os uniformes”.

“Fiquei surpreso ao ver os uniformes iguais aos nossos”, destaca o coletor Kleber Augusto Renó, da empresa Sustentare (que faz a coleta do lixo comum na cidade). Fazem dois anos que estou neste setor e sempre é uma alegria. As crianças gritam e nos dão água. A gente ganha o dia”.

O motorista Carlos Alberto Santos disse que a atitude e carinho das crianças é gratificante. “Eles não quiseram outros personagens. Vão fazer a festa em nossa homenagem”.

Jardim Iracema

Miguel, 4 anos, morador do Jardim Iracema, também fica contente quando o caminhão da coleta passa em sua rua. Em seu aniversário este mês, o tema do bolo foi sobre os coletores.


MAIS NOTÍCIAS
Urbam