Programação do 4º Festival de Choro Pixinguinha tem atividades extras
Atualizado em 02/04/2019 - 15:23
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
O músico Paulo Aragão conduz workshop na segunda-feira (8), às 17h30, no Parque Vicentina Aranha - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Além das apresentações com músicos de projeção nacional e internacional, a programação do 4º Festival de Choro Pixinguinha no Vale, que acontece em São José dos Campos, de 6 a 13 de abril, prevê a realização de workshop, palestra, vivência, oficinas e rodas de conversas. O festival é realizado pela Fundação Cultural e profissionais da área, com apoio do Parque Vicentina Aranha, Sesc e empresas privadas.

Para participar do workshop e das oficinas é preciso se inscrever pelo site do festival.  As vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de inscrição. As rodas de conversas, palestra e vivência de choro não necessitam de inscrição. A programação completa do festival você encontra no site da Fundação Cultural.

Workshop e Oficinas

O workshop será realizado segunda-feira (8), às 17h30, no Parque Vicentina Aranha e será ministrado pelo músico e pesquisador Paulo Aragão. Com o tema Prática de Conjunto, o profissional abordará a linguagem do choro aplicada aos instrumentos harmônicos (violão de 6 cordas) e harmônico-melódicos (violão de 7 cordas), propondo o estudo e treinamento prático dos diversos ritmos conformadores do choro (polca, maxixe, valsa, schottisch).

As oficinas serão realizadas sábado (13), a partir das 9h, também no Parque Vicentina Aranha, e serão ministradas por músicos como Fernando César, Luiz Paulo Muricy, César Roversi e Gustavo Bali. Elas abrangem violão, cavaquinho, sopro e pandeiro, todos relacionados ao choro.

Palestra e Vivência

Na terça-feira (9), Paulo Aragão conduzirá a palestra O Choro e as Raízes da Música Popular Brasileira, onde realiza um passeio auditivo e visual por um período fervilhante da história da música brasileira. A palestra acontece às 20h, no auditório do Museu Municipal.

A vivência de choro acontece no Centro da Juventude, quinta-feira (11), às 19h, com participação dos músicos Raquel Aranha (bandolim), Ricardo F. Sant'Ana (cavaquinho), Lucas Faria (pandeiro) e Júlio César Batista (violão), do grupo Chorões do Vale. A atividade prevê um bate-papo sobre a história do choro e dos instrumentos, e uma apresentação do grupo.

Rodas de Conversa

Também realizadas no sábado (13), no Parque Vicentina Aranha, a primeira roda de conversa terá início às 10h, com o tema Cadeia Produtiva do Fazer Musical, e contará com a participação de Régis Bonilha, Lineu Bravo, Sanny Rozini e Marcos Ramos. A segunda roda, às 11h, contará com Hamilton de Holanda, Fernando César, César Roversi e Gustavo Bali.


Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana
(12) 3924-7300


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo