Jequitibá-Rosa ganha nova placa e plantio de barreira vegetal
Atualizado em 10/04/2019 - 18:14
Plantio de Árvores  no Jequitibá Rosa do Eugênio de Melo 10 04 2019
Novas árvores vão proteger o Jequitibá-Rosa da ação dos ventos - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

O Jequitibá-Rosa, do distrito de Eugênio de Melo, recebeu na manhã desta quarta-feira (10) o plantio de 54 mudas das espécies nativas Pau-Formiga e Aldrago que irão compor uma barreira vegetal com o intuito de protegê-lo da ação dos ventos.

Um grupo de 35 alunos da Emef Luiz Leite, do Galo Branco, e do Colégio Juarez Wanderley – Embraer - ajudaram a plantar as mudas que têm crescimento rápido. Além do plantio, a Prefeitura instalou uma placa educativa com informações importantes sobre o Jequitibá e orientações sobre a preservação da árvore. 

Patrimônio ambiental do município, o Jequitibá-Rosa tem 500 anos e é protegido pela lei municipal 8.259, de 10 de dezembro de 1993, que tornou a espécie imune a corte.

Para o coordenador de ciências da natureza do Colégio Juarez Wanderley, Sávius Sampaio Guimarães Castro, a ação é importante para a comunidade e para a árvore.

“O Jequitibá é uma árvore muito significativa, um marco para a cidade e para o país, pela própria imponência dela e pelo papel biológico que ela faz e tem na região. Trazer as crianças para ver isso, é perpetuar a cultura, faz-se perceber a importância da natureza perante a sua vida. Como já trabalhamos projetos ambientais com os alunos no colégio, isso se torna mais um passo para que nos tornemos cidadãos mais conscientes da importância da sua preservação”.

“Achei muito legal esse recomeço para o Jequitibá com o plantio de árvores, porque será uma nova esperança para ele, que é um patrimônio público”, comentou Heitor Gabriel Rodrigues Pereira, 11 anos, aluno do 6º ano da EMEF Profº Luiz Leite.

Para Julia Landim Borsois Saia, 14 anos, aluna do 1ª ano do ensino médio do Colégio Juarez Wanderley, o Jequitibá precisa ser cuidado por todos pela sua importância de vida e na sociedade. “Nós estamos aqui para socorrer a árvore, pois ela está debilitada. Ela é um ser vivo como todos nós.”

O plantio desta quarta-feira envolveu as equipes da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade e da Secretaria de Manutenção da Cidade. 

Recuperação Intensiva

Desde 2006 a Prefeitura trabalha na recuperação do Jequitibá-Rosa, esforço justificado pelo valor inestimável desta árvore. 

Após sofrer um incêndio, em abril de 2017, o Jequitibá tem recebido tratamento intensivo da Prefeitura e o monitoramento contínuo pelos técnicos da Prefeitura para acompanhar a resposta fisiológica da árvore e identificar medidas complementares para sua preservação.

No último ano, o Jequitibá passou por vistorias realizadas por especialistas referências na área, com o objetivo de contribuir com o diagnóstico do espécime e com a recomendação de ações. Os especialistas avaliaram positivamente as medidas que vêm sendo realizadas pela Prefeitura.

O Jequitibá vem apresentando resultados positivos observados pela coloração e aumento do volume das folhas, floração dos ramos, seguida pela frutificação, que permitiu a coleta dos frutos e das sementes, que estão passando por um processo de germinação para gerar mudas descendentes do Jequitibá.

Também foi implantado um aceiro no entorno da árvore, visando protegê-la de focos de queimada. Além disso, foram plantadas 12 árvores no local: 4 ipês-rosas, 2 ipês-brancos, 2 jequitibás-rosas, 2 mirindibas e 2 sibipirunas, que contribuem para atenuar o efeito dos ventos sobre o Jequitibá.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade