Plantio com alunos encerra a Semana da Árvore
Atualizado em 28/09/2018 - 20:10
Plantio de hoje da Semana da Árvore
Crianças da escola Olga Franco Custódio, no Jardim Motorama, participam de plantio nesta sexta - Foto: PMSJC

Priscila Veiga Vinhas
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade

Um plantio na manhã desta sexta-feira (28), com a participação das crianças da Emei Olga Franco Custódio, no Jardim Motorama, região leste de São José dos Campos, encerrou as atividades da programação da Semana da Árvore 2018.

Empolgados, os alunos plantaram mudas das espécies quaresmeira e oiti. A atividade aconteceu no jardim da escola e foram acompanhadas por educadores da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade. A rotina se repetiu, ao longo da última semana, em outras unidades da rede municipal e estadual.

O objetivo do plantio no espaço escolar foi despertar as crianças para o cuidado com o meio ambiente e estimulá-las a desenvolverem um vínculo com essas espécies.  

A Semana da Árvore foi marcada pelo protagonismo dos voluntários das comunidades que se mobilizaram para participar das ações, em um gesto de cidadania e consciência ambiental.

“Acredito que é importante a gente lembrar de datas que remetam à natureza. Neste sentido, o Dia da Árvore é muito simbólico para que a gente pense qual a importância da árvore no contexto urbano das grandes cidades”, destacou o educador ambiental Luciano Machado.

Plano de Arborização

O instrumento para auxiliar a gestão da arborização em São José dos Campos é o Plano Municipal de Arborização Urbana, documento que traz as diretrizes para implementar a arborização na cidade, indicando por exemplo, as espécies mais adequadas para plantio nas áreas públicas e metas para ampliar a arborização em vias públicas dos bairros, que hoje contam com cerca de 80 mil árvores.

O Plano foi elaborado no ano de 2016 e teve como base o diagnóstico do patrimônio arbóreo do sistema viário da cidade. Estudos científicos recentes diagnosticaram que os efeitos positivos das árvores beneficiam a população de maneira mais abrangente quando está dispersa ao recobrir a maior proporção do asfalto urbano, por essa razão, o plano visou especialmente a necessidade do plantio em calçadas.

A Prefeitura seguirá com o calendário de plantios no município seguindo as metas do Plano Municipal de Arborização Urbana.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade