Alunos da Fundhas fazem trilha no Parque Nacional do Itatiaia
Atualizado em 27/09/2018 - 20:01
Crianças e adolescentes da Fundhas fazem trilha e têm aula diferente no parque Itatiaia
Passeio tem por objetivo oferecer aos alunos experiências na natureza para trabalhar temas importantes como meio ambiente - Foto: Divulgação

Paula Pessoa
Fundhas

Alunos da unidade Eugênio de Melo da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) fizeram nesta quinta-feira (27) uma trilha ecológica no Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro. Um grupo de 12 crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 14 anos, participou da experiência proporcionada pela instituição.

Os participantes foram guiados e orientados por dois professores.

O dia ensolarado contribuiu para a aula de observação em campo dos estudantes. A aventura faz parte do projeto “Fundamentos de uma Educação ao Ar Livre”, que une dois campos do saber dentro da Fundhas: Esporte e Lazer e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O objetivo do passeio é oferecer aos alunos experiências na natureza para trabalhar temas como sustentabilidade, qualidade de vida, turismo ecológico, preservação ambiental e o conhecimento de tipos diversos de fauna e flora.

O projeto busca ainda sensibilizar os educandos quanto a sua atitude e comportamento em relação ao meio ambiente e despertá-los para a importância de preservar, respeitar e cuidar do meio em que se vive.

Segurança

 O grupo foi guiado pelos professores Frank Gomes e Daltro Rotta.

Rotta é credenciado e experiente em caminhadas na natureza. O educador tem autorização para realizar a trilha no Parque Itatiaia, bem como conduzir grupos no local, onde todas as trilhas são monitoradas.

Para garantir a segurança das crianças e adolescentes, o passeio foi monitorado por um aplicativo localizador, que registra o caminho por onde o grupo passou e pode ser acompanhado em tempo real, via internet.

“O dia foi ótimo, o parque é fantástico! Fizemos uma caminhada e trilha passando por alguns picos e observando a natureza. Os alunos acompanharam bem. Esta é uma experiência significativa dentro da nossa proposta de educação ao ar livre”, contou Rotta.

No retorno para casa, a empolgação era maior do que o cansaço para Camila Santos da Silva, de 12 anos. De toda experiência, o aprendizado que mais marcou a estudante foi o incentivo dos professores. 

“O mais legal foi receber incentivo dos professores. Se batia o cansaço ou preguiça, eles nos motivavam. Conheci lugares novos com meus colegas, aprendi mais sobre a natureza e conheci o parque. Quero voltar mais vezes”, disse.

“Ir ao topo da montanha foi divertido. Tem uma imensidão e a vista é bonita. Essa experiência vai ficar marcada para mim”, contou Guilherme Ramos Simões, de 11 anos.

Aprendizado

Os eixos de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e de Esporte e Lazer são alguns nas áreas de conhecimento que a Fundhas, mantida pela Prefeitura, aborda na formação de seus atendidos.

O objetivo é oferecer conhecimentos que promovam a transformação de hábitos e atitudes responsáveis em relação ao meio ambiente, preservação, consumo consciente e qualidade de vida. Além de oferecer vivências esportivas em diferentes espaços e territórios afim de desenvolver os campos de aprendizagem significativa e o protagonismo.

O Parque

Situado na Serra da Mantiqueira, o Parque Nacional do Itatiaia abrange os municípios de Itatiaia e Resende, no Estado do Rio de Janeiro, e Bocaina de Minas e Itamonte, no Estado de Minas Gerais. 

A Unidade está localizada entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, próximo à rodovia Presidente Dutra e é o primeiro parque nacional, criado em junho de 1937. Caracterizado por montanhas e elevações rochosas, com altitude variando de 600 a 2.791 metros, no seu ponto culminante, o Pico das Agulhas Negras, um dos mais altos do país. 

 


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas