Curso de capacitação incentiva uso de HQs em sala de aula
Atualizado em 24/09/2018 - 13:10
o gênero histórias em quadrinhos desperta bastante interesse nos alunos, oferecer esse tipo de formação aos educadores tem como principal objetivo proporcionar ferramentas que despertem cada vez mais, o interesse pela leitura
Alunos da Emef Ilga Pusplatais, no Jardim Ismênia, transformaram capítulos dos livros favoritos em quadrinhos - Foto: PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Educadores da rede de ensino municipal de São José dos Campos receberam, na última semana, formação com o quadrinista Carlos Ruas, autor das webtirinhas “Um Sábado Qualquer”.

O objetivo é levar para a sala de aula as técnicas da produção em quadrinhos e, assim, despertar o prazer pela leitura em alunos do 4º e do 5º ano do ensino fundamental.

A atividade "Histórias que Ganham o Mundo" faz parte dos treinamentos de HTC (Horário de Trabalho Coletivo), que oferecem ao longo de todo o ano diversas formações no Cefe (Centro de Formação do Educador), localizado na região norte da cidade.

A próxima etapa envolve um concurso de HQs. Os melhores trabalhos realizados pelos alunos farão parte de um livro, que será distribuído na rede de ensino municipal.

Na prática

Alunos do 6º ano da Emef Ilga Pusplatais, no Jardim Ismênia, região leste, transformaram capítulos dos livros favoritos em quadrinhos.

Fãs da saga Crepúsculo, as alunas Maria Fernanda Souza e Pietra Gabriela passam para o papel cenas descritas no livro.

“Vou narrando a história e a Pietra faz os desenhos” explicou Maria Fernanda.

Para Pietra as atividades vão muito além dos desenhos. “Gosto muito de ler. A leitura evita erros de ortografia nas aulas de português”, concluiu.

Para a equipe técnica da Secretaria de Educação e Cidadania, o gênero histórias em quadrinhos desperta bastante interesse nos alunos. Oferecer esse tipo de formação aos educadores tem como principal objetivo proporcionar ferramentas que despertem cada vez mais o interesse pela leitura.

“Estou desenhando uma menina moleca, divertida, que sonha ser jogadora de futebol e heroína. Nossos quadrinhos são baseados no livro “Uma Menina Chamada Julieta”, finalizou Amanda Silva.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania