Feira de educação para o trânsito reúne milhares de pessoas no domingo
Atualizado em 23/09/2018 - 17:55
Feira Educativa de Trânsito  23 09 2018
Pessoas de todas as idades passaram a manhã de domingo recebendo informações sobre trânsito, segurança e saúde e, mais do que isso, se divertindo com as atrações da feira - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Wagner Matheus
Secretaria de Mobilidade Urbana

De um lado, a pura diversão sem compromisso de uma manhã de domingo no Parque Vicentina Aranha, na região central da cidade. Em frente, na rua Prudente Meireles de Morais fechada para o tráfego de veículos, diversão também, mas com um objetivo mais relevante: a educação para o trânsito.

Foi assim a Feira Educativa de Trânsito, que reuniu milhares de pessoas na manhã deste domingo (23). Promovida pela Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, a atividade congregou cerca de vinte instituições e entidades voltadas à saúde, segurança e gestão do trânsito na cidade.

Toda a programação foi animada pela Banda Regimental de Música da Polícia Militar, que executou sucessos da música popular brasileira de todos os tempos. A “trilha” de fundo animou pessoas de todas as idades, sozinhas ou formando famílias inteiras, a se divertir com a programação da feira. As atividades se concentraram entre 9h e 12h.

Muitas atrações

Quem compareceu à Feira de Trânsito teve acesso a uma série de eventos e atividades ligados – ou não – à educação para o trânsito. Confira:

- A Rua de Lazer trouxe atrações para crianças e adolescentes.

- A Defesa Civil distribuiu material educativo referente à prevenção de desastres naturais.

- O Rotaract Clube de São José dos Campos / Santana promoveu uma oficina para crianças com pintura de rosto, desenhos em papel e distribuição de bexigas.

- Dois grupos de escoteiros, o Aymorés e o Marechal Eduardo Gomes, incentivaram a adesão ao movimento do escotismo.

- A Secretaria de Saúde da Prefeitura de São José exibiu órteses e próteses oferecidas no período pós-acidente para vítimas de eventos com sequelas e traumas.

- O Espaço Nossa Âncora (ENA), divulgou sua atividade, voltada para pessoas e famílias em situação de luto.

- O II Grupamento do Corpo de Bombeiros levou equipamentos de trabalho à feira e explicou o seu uso em combate a incêndios e acidentes envolvendo veículos.

- A Associação de Apoio ao Deficiente Auditivo (Aada) deu um show de demonstração da sua atuação para integrar pessoas com surdez à sociedade.

- A Cruz Vermelha Brasileira atendeu pessoas de todas as idades, principalmente acima dos 40 anos, fazendo testes de glicemia e pressão arterial.

- A Organização Social São José Desportivo participou fazendo a medição de peso, altura, circunferência do abdômen e flexibilidade, explicando os resultados e aconselhando as pessoas a adotar hábitos saudáveis.

- A Polícia Militar divulgou o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), que atende a população estudantil da cidade.

- A Secretaria de Mobilidade Urbana, principal organizadora do evento, levou duas bicicletas de compartilhamento – o mais novo programa de mobilidade urbana e sustentabilidade da Prefeitura –, explicando como vai ser implantado esse novo benefício para a população.

- Um estoque de bicicletas que estão sendo implantadas pela Prefeitura de forma compartilhada foi colocado à disposição do público presente. A utilização foi grande, demonstrando que a inovação tem tudo para ser um sucesso.

Também montaram seus estandes no evento as polícias Rodoviária Federal e Rodoviária Estadual, levando motocicletas, radares e outros equipamentos de atuação na fiscalização do trânsito nas estradas.

Vibração

Pessoas de todas as idades vibraram com as atrações da Feira Educativa de Trânsito. A começar pelo som ao vivo da banda da Polícia Militar, o maior sucesso do evento, segundo as pessoas presentes.

O casal Luiz e Tatiana, da Vila Ema (região central), levou os filhos Gabriel (5 anos) e Bento (1 ano e 4 meses) para se divertirem na feira. Gabriel foi rápido e subiu em uma enorme motocicleta da Polícia Rodoviária Federal. Sentiu-se poderoso.

“Adoramos o evento. Soubemos que ia acontecer na véspera e nos programamos”, elogiou Luiz. Tatiana destacou a importância das dicas de prevenção de acidentes de trânsito para as crianças. “O Gabriel comentou que as coisas que está vendo aqui lembram o que ele está conhecendo na escola”, lembrou.

Já o casal Getúlio e Idília, do Jardim Esplanada, falou sobre a importância da educação para o trânsito, coisa que eles não tiveram na infância e adolescência. “Esses ensinamentos acabam influenciando as crianças de uma forma positiva, elas ficam mais preparadas para seguir as regras, coisa que nós não tivemos na idade deles”, afirmou Idília.

O marido Getúlio preferiu comentar a interação entre as instituições públicas e a população. “Tudo isso é sensacional, é uma forma de aproximação da autoridade com o cidadão”, disse. “Achei muito positivo o policial militar cantando com a banda tendo um revólver na cintura, é uma forma de demonstrar que, sem abrir mão da autoridade, ele está a serviço da população.”

O evento deste domingo fez parte da programação da Semana Nacional de Trânsito, que em São José tem como tema “Beber e dirigir machuca”.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana