No Dia Mundial sem Carro, São José apresenta avanços na política cicloviária
Atualizado em 21/09/2018 - 19:37
Ciclovias 10 04 2018
Dia Mundial sem Carro propõe que as pessoas experimentem formas alternativas e não motorizadas de se deslocar pela cidade - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Giselle Marinho
Secretaria de Mobilidade Urbana

O Dia Mundial sem Carro, neste sábado (22), será marcado pelo lançamento do sistema de bicicletas públicas, novos trechos de ciclovias, além de um passeio compartilhado pela Urbanova, região oeste em São José dos Campos.

A data, celebrada neste sábado, propõe que as pessoas experimentem formas alternativas e não motorizadas de se deslocar pela cidade.

O encontro acontece às 8h30, na Portaria 1, do Parque Ribeirão Vermelho, onde será disponibilizada uma estrutura com água, frutas, Rua de Lazer para as crianças e aquecimento para quem vai fazer o percurso a pé, de bicicleta, patinete, patins ou skate.

O trajeto, de aproximadamente três quilômetros, será feito pela rua ao redor do Parque, de uma portaria a outra. Uma faixa de trânsito será fechada para preservar a segurança dos participantes.

Importante destacar que, para participar, não precisa ter bicicleta. É possível ir de patins, skate, patinete ou mesmo a pé.

Bicicletas públicas

O decreto que autoriza e regulamenta o sistema de bicicletas e patinetes públicos de São José foi publicado no dia 14 de setembro.

Nesta semana, algumas empresas já se interessaram pelo sistema e, até o fim da primeira quinzena de outubro, a população já terá bicicletas no centro da cidade para transitar.

Ciclovias

O evento também vai contar com o anúncio da ampliação da malha cicloviária da cidade. O próximo trecho terá 3,6 quilômetros e será implantado na avenida Jorge Zarur, ligando as regiões centro, oeste e sul com ciclovia, ciclofaixa e passeio compartilhado.

A conexão será feita pela ciclovia da avenida Lineu de Moura até a Via Oeste, avenidas Eduardo Cury e Jorge Zarur, transpondo o Anel Viário, continuando pela avenida Jorge Zarur até chegar à avenida Benedito Matarazzo, onde fará a ligação com a passarela sobre a via Dutra, próximo ao Shopping ValeSul, conectando à ciclovia da avenida Andrômeda.

Ao todo, serão construídos mais 31,80 quilômetros, nos seguintes locais:

  • Ciclovia São Francisco Xavier – 4,5 km
  • Eixo Astronautas – Aeroporto à Nelson D’ávila – 6 km
  • Nélson D’ávila - 2,7km
  • Passarela Modos Ativos – Ponte Minas Gerais – 0,38 km
  • Malha cicloviária atual – 96,18 km
  • Sistema implantado 2017 – 2018 – 16,44 km
  • Possidônio José de Freitas – rota sinalizada = 12,24 km
  • Via Oeste – Fase II – 2,80 km
  • Lineu de Moura (conexões) – 0,70 km
  • Setville – Av. Central – 0,70 km

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Mobilidade Urbana