Fundhas recebe projeto interativo de economia e uso consciente de energia
Atualizado em 06/09/2018 - 17:26
Fundhas recebe projeto interativo de economia e uso consciente de energia
Temas importantes como uso seguro e consciente de energia foram abordados no caminhão-laboratório do projeto - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Fundhas

Cerca de 170 alunos de 3 unidades da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), com idades entre 6 e 13 anos, participaram do projeto “Boa Energia nas Escolas” em parceria com a empresa EDP. Além da sede, no Parque Industrial, as unidades Dom Bosco Criança, no Campo dos Alemães, e Arnoldo Roberto Nascimento, no Dom Pedro, também estiveram na atividade.

As oficinas interativas têm o objetivo de apresentar conceitos sobre uso de energia seguro e eficientes por meio de ações lúdicas e divertidas e aconteceram no período da manhã e tarde. O caminhão-laboratório estacionou na unidade Sede e os alunos foram chegando em grupos, curiosos para vivenciar uma série de experimentos. O aprendizado sobre temas relevantes como a preservação dos recursos naturais, os tipos de geração de energia, a segurança com pipas e rede elétrica e o uso consciente de equipamentos elétricos se desenvolveu na prática. 

O projeto visa ainda sensibilizar crianças, professores, educadores e funcionários sobre o uso seguro e o consumo eficiente da energia para poderem multiplicar o conhecimento sobre o assunto com outras pessoas.“Gostei de aprender sobre a energia. Eu gastava muito tempo no chuveiro, enrolava no banho porque gostava de ficar embaixo da água. Hoje aprendi que o chuveiro consome não só energia, mas muita água também. Vou falar para minha família não ficar muito tempo enrolando no banho”, contou Yasmin Cristine Costa Rodrigues, de 7 anos.

“Em 5 ou 7 minutos dá para tomar banho e, quando for lavar o cabelo, um pouquinho mais de tempo é suficiente, mas não muito exagerado”, ensina a pequena. Entre as atrações estão vídeo com realidade aumentada, gerador de Van der Graff (que produz o efeito de arrepiar os cabelos de quem tocar na cúpula mostrando que o atrito é capaz de gerar eletricidade estática), painéis interativos, bicicleta geradora de energia, e outras.

Conforme saíam do laboratório itinerante, os alunos compartilhavam lições aprendidas na atividade do dia. Vinícius Lisboa da Silva, com 10 anos, se divertiu na bicicleta geradora de energia e aprendeu que “mexer no celular quando ele está carregando na tomada é muito perigoso, vou deixar ele carregar sem ficar mexendo, para evitar acidentes”.

“Eu aprendi agora que não é para deixar o videogame ligado 24 horas porque senão pode ter um curto circuito, ficava muitas horas no chuveiro e agora não mais. Lá em casa não temos as lâmpadas que economizam energia, vou conversar com minha família para trocar”, comentou Emerson Diego da Silva Paulino, de 10 anos.

Projeto Boa Energia

O laboratório sobre rodas da EDP é uma ação do Projeto Boa Energia nas Escolas, que integra o Programa de Eficiência da EDP. Para ampliar as possibilidades de conscientização, professores das escolas participantes do projeto são capacitados sobre o tema.

Toda ação acontece na Unidade Móvel de Ensino, desenvolvida e customizada pela EDP para promover o bom uso da energia elétrica, percorrendo de forma itinerante escolas públicas dos municípios por onde passa. O caminhão é equipado com recursos para mostrar às crianças de forma divertida como funciona todo o processo de geração e distribuição de energia.


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas