Na raça, São José vence o Osasco na prorrogação por 70 a 65
02/09/2018 - 21:36
Campeonato Paulista de Basquete - São José Basketball (70) X (65) Osasco. Foto- Claudio Vieira/PMSJC. 02-09-2018
Douglas Nunes após enterrada: ala-pivô foi decisivo para a vitória do São José - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Cláudio Souza
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida

Foi na raça e no grito da torcida. Depois de um jogo muito disputado e tenso, o São José Baskteball venceu na noite deste domingo (2) o Basquete Osasco por 70 a 65, com direito a prorrogação e nervos à flor da pele no Ginásio Lineu de Moura.

A exemplo do último jogo do time contra o Bauru, também em casa, a Águia do Vale começou o jogo mal, mas conseguiu forçar a prorrogação. Só que desta vez a sorte dos joseenses foi diferente e o time conseguiu o importante triunfo, cravando 9 a 4 no tempo extra.

O destaque foi o ala-pivô Douglas Nunes, que continua sendo um dos xodós da torcida. Ele se destacou no tempo regulamentar com chutes certeiros de 3 e foi decisivo na prorrogação, comandando o time em quadra. Com a boa atuação, foi o cestinha do jogo, com 18 pontos.

Tensão

Mas até chegar à vitória o São José penou, perdendo os três primeiros quartos (18/19, 12/14 e 14/15). Com 17 a 13 no último período e empate quando faltavam menos de 12 segundos, o sexteto local levou o jogo para a prorrogação.

"Hoje foi na vontade e na luta. Mas estamos muito feliz, porque esta vitória mostrou a força do nosso grupo", disse o técnico Paulo Cezar Jaú.

Programa em família

Se o público no Linneu de Moura na noite deste domingo não foi grande, o destaque nas arquibancadas ficou para as famílias. "Sempre trago meus filhos. É uma forma de nos divertirmos e fazermos um programa de família. Eles gostam muito de basquete e vão aprendendo desde cedo o valor do espírito esportivo", disse o analista de sistemas Luciano Casal, 43 anos, que foi ao jogo com o filho de 6 anos e a filha de 8 anos.

"É a segunda vez que venho a jogo do São José neste paulista e hoje trouxe toda a família. Estou empolgado. É muito bom para São José ter um time competitivo e que representa bem nossa cidade", afirmou o empresário Edson Cornélio, 43 anos, que estava acompanhado pela mulher e pelos filhos de 5, 7 e 9 anos.

E agora?

Com a vitória, o São José se reabilitou no Paulista de basquete, chegou a 17 pontos e se consolidou na sexta colocação, na zona de classificação para a próxima fase.

Na próxima quarta (5), a Águia do Vale volta à quadra. Novamente no Lineu de Moura, desta vez o adversário será o tradicional Pinheiros.

A partida será às 20h no Ginásio Lineu de Moura, com entrada gratuita para a torcida.

MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida