Alunos do Programa Decolar visitam laboratórios do ITA
Atualizado em 08/10/2018 - 10:19
Alunos da turma de engenharia do Projeto Decolar , visitam o Laboratório do ITA  04 10 2018
O Decolar, Programa de Desenvolvimento do Potencial e Talento, atende um grupo de 85 alunos do 6º ano do ensino fundamental, de 43 escolas municipais de São José - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Gisele Lopes
Secretaria de Educação e Cidadania

Um grupo de 12 alunos do 6º ano do ensino fundamental, que participam da turma de engenharia do Decolar, Programa de Desenvolvimento do Potencial e Talento, visitaram na tarde desta quinta-feira (4), alguns laboratórios do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Durante a atividade, os estudantes que estão trabalhando em um projeto para a criação de um robô trocaram experiências e esclareceram dúvidas com os alunos de engenharia do instituto.

Com os olhos bem atentos para cada explicação, Kauany Martins, de 11 anos, contou como surgiu o interesse pela engenharia. “Tudo começou quando eu visualizei um robozinho pela primeira vez, eu queria descobrir como era a programação, as peças e o circuito. Junto com a turma vamos criar um robozinho que execute pequenas limpezas, está sendo incrível essa experiência aqui”.

Acompanhado da mãe, João Piovani, de 11 anos, classificou o passeio como um reforço para as aulas que acontecem todas as quintas-feiras no contratuno das aulas no Cefe (Centro de Formação do Educador), localizado em Santana, região norte da cidade. “Eu aprendi muitas coisas nesta tarde, conhecer todos esses aparelhos vai ajudar bastante na criação do nosso robô”, explicou.

“É muito prazeroso e inspirador vivenciar o brilho nos olhos dessas crianças, o encantamento deles em estar aqui. Essas visitas são sementes para projetos voltados para a área de Exatas e para os estudos, acima de tudo. É sempre um prazer receber as escolas”, disse a tenente Raquel Piani.

Decolar

O Decolar, Programa de Desenvolvimento do Potencial e Talento, atende um grupo de 85 alunos do 6º ano do ensino fundamental de 43 escolas municipais de São José dos Campos.

Durante os encontros, ocorridos no contraturno das aulas, em locais próximos às escolas de origem, os adolescentes participam de intervenções educativas nas áreas de astronomia, inglês, espanhol, história, biologia, química, japonês, culinária, robótica, matemática, pintura em tela, engenharia, teatro, circo, dança, teclado e violão.

O programa visa identificar, acompanhar e estimular o desenvolvimento do potencial dos alunos considerados dotados e talentosos da rede municipal.

Pesquisas apontam que 3% da população é dotada de capacidade elevada. A estimativa é que, em quatro anos, cerca de 500 alunos da rede de ensino municipal sejam atendidos pelo Decolar.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania