Tiro de Guerra expõe sua história centenária no Fórum Trabalhista e Senac
Atualizado em 31/10/2018 - 09:48
Instrutores e atiradores do TG cuidam dos detalhes para a abertura da exposição no Fórum Trabalhista
Instrutores e atiradores do TG cuidam dos detalhes finais antes da abertura da exposição no Fórum Trabalhista - Foto: Divulgação

Wagner Matheus
Secretaria de Proteção ao Cidadão

O Tiro de Guerra de São José dos Campos abriu, nesta segunda-feira (29), a etapa final da exposição comemorativa ao centenário de sua criação. A mostra está aberta ao público no piso térreo do Fórum Trabalhista, no Jardim Aquarius, região oeste da cidade. A exposição conta, por meio de fotos, um pouco da história do TG 02/037.

A atividade representa o encerramento das mostras em comemoração ao centenário. Já passou por três shoppings da cidade, pelo Calçadão da região central e também pela Câmara Municipal.

Os painéis ficam no local até quarta-feira (31) e, na quinta-feira (1º), será a vez da sede do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), na região leste, receber a exposição, que se estenderá até o dia 9.

História

O Tiro de Guerra de São José dos Campos foi criado pela lei municipal nº 75, de 6 de setembro de 1918, assinada pelo então prefeito coronel José Monteiro.

Sua sede inicial foi instalada na rua Sete de Setembro, no centro da cidade. Em seguida, foi transferida para a rua Paraibuna, funcionando no local até 1974, quando passou para a sede atual, na Vila Industrial, na região leste.

O Tiro de Guerra joseense contribuiu para a formação de um contingente da Força Expedicionária Brasileira (FEB), compondo um efetivo do 6º Regimento de Infantaria de Caçapava (hoje 6º Batalhão de Infantaria Leve Aeromóvel). A tropa foi a primeira do país a embarcar para combater na 2ª Guerra Mundial.

O TG 02-037 já formou 15.302 atiradores. Todos os anos, cerca de 100 jovens são treinados no serviço militar no município.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Proteção ao Cidadão