Encontro discute atendimento a dependentes químicos e população de rua
Atualizado em 26/10/2018 - 15:46
1º Fórum sobre drogas
1º Fórum de Discussão sobre as Práticas de Dependência Química e População de Rua - Foto: Divulgação

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

No 1º Fórum de Discussão sobre as Práticas de Dependência Química e População de Rua, promovido pela Prefeitura de São José dos Campos nesta sexta-feira (26), os profissionais que compõem a rede de serviços que atendem a essa população tiveram a oportunidade de trocar experiências.

“Compartilhar informações é fundamental na nossa área. Temos uma demanda complexa, com um grande volume de atendidos diariamente. Então, fazer uma pausa e participar de momentos assim é o que precisamos para construir um trabalho integrado de rede”, afirmou Thamires Vieira Martins de Melo, psicóloga do Sama (Serviço Ambulatorial Especializado no Tratamento da Dependência Química em Mulheres e Adolescentes).

Essa foi a primeira vez que os profissionais tiveram a oportunidade de discutirem juntos, em grupos mistos, os pontos sensíveis desta rede de atendimento especializado. A partir dessa troca, a Assessoria de Políticas sobre Drogas fará uma análise criteriosa das propostas apresentadas, com o propósito de alcançar resultados mais efetivos.

Representantes de entidades, CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial álcool e Drogas), UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Saúde Mental, rede de abrigos, Abordagem Social e comunidades terapêuticas conveniadas se reúnem mensalmente para a discutir as melhores estratégias, alinhadas dentro de cada serviço, de acordo com a realidade encontrada no dia a dia junto à população.

“Por termos um convívio diário com essa população, todos podemos colaborar muito nesses encontros e juntos podemos chegar a um alinhamento que traga mais benefícios para o trabalho em rede”, concluiu Isabel Cristina da Silva Fonseca, psicóloga da Comunidade Terapêutica Nova Esperança.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão