Monumentos do Santos Dumont terão manutenção preventiva de alunos do Cephas
Atualizado em 19/10/2018 - 16:18
aeronave
Os estudantes, acompanhados de um professor, serão responsáveis pela manutenção das réplicas do avião Bandeirantes, do avião 14 Bis e do foguete - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Quitéria Melo
Fundhas

Todas as réplicas de monumentos que estão no Parque Santos Dumont (Rua Engº Prudente Meireles de Morais, 1000 - Vila Adyanna) receberão, a partir deste sábado (20), às 9 horas, cuidados especiais de alunos dos cursos de Manutenção de Aeronaves e de Eletrônica do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza).

Os estudantes, acompanhados de um professor, serão responsáveis pela manutenção das réplicas do avião Bandeirantes, do avião 14 Bis e do foguete. As ações acontecerão uma vez por mês, sempre aos sábados, e terão duração de um ano.

A ação é resultado de uma parceria entre a Fundhas e a Secretaria de Manutenção da cidade que prevê, além da realização de manutenção dos protótipos, a preservação dos patrimônios históricos da aviação, localizados na região central da cidade.

O Parque Santos Dumont servirá como um laboratório de aula a céu aberto e contribuirá para o desenvolvimento, na parte prática da aprendizagem dos estudantes.

O professor Gilmar Camargo explicou que os alunos vão consertar possíveis danos, mas que o foco principal do trabalho será a manutenção preventiva para que os monumentos não sofram deterioração.

Para ele, será uma grande oportunidade para que os alunos se familiarizem com o setor aeronáutico, conheçam o sistema das aeronaves e o seu funcionamento e percebam que, além de agregar conhecimento, estarão cuidando do patrimônio da cidade.

Raphael Ribeiro Correa Rodrigues, 23 anos, faz o curso de mecânica de aeronaves e vai participar deste projeto. Segundo ele, o aprendizado vai enriquecer muito o processo de ensino-aprendizagem. “Estamos frente a frente com as aeronaves e poder cuidar delas, seguindo todos os procedimentos padrão, além de enriquecermos o nosso currículo, vamos poder deixar a nossa marca e contribuir para o bem de nossa cidade e das pessoas que vivem nela”, concluiu.

50 anos da fabricação do Avião Bandeirante

Na próxima segunda (22) serão comemorados os 50 anos da fabricação do avião Bandeirantes.

O desenvolvimento da aeronave teve início no ano de 1965 e o primeiro voo foi realizado no dia  22 de outubro de 1968. Na supervisão do desenvolvimento, estava o engenheiro Ozires Silva.

Em julho de 2017, a réplica foi totalmente restaurada por ex-engenheiros da Embraer e alunos do curso de mecânica de aeronaves do Cephas e foi devolvido ao Parque, por ocasião do aniversário de 250 anos da cidade.

Réplica do 14 Bis

A réplica do 14 Bis foi oficialmente inaugurada no Parque Santos Dumont, no dia 12 de novembro de 2006, por ocasião das comemorações do Centenário 14 Bis na cidade.

A réplica é feita em aço escovado, em tamanho natural do avião que é o primeiro meio de transporte voador mais pesado que o ar, criado pelo patrono da aviação, Alberto Santos Dumont. A reprodução do 14 Bis foi feita no CTA (Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial), órgão do Comando da Aeronáutica instalado em São José dos Campos, com iniciativa da Prefeitura de São José em parceria com a ABCAER (Associação Brasileira de Cultura Aeroespacial).

Sobre o Cephas

O Cephas é uma escola técnica da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), mantida pela Prefeitura de São José dos Campos, que incentiva a inclusão social por meio da educação profissional, oferecendo cursos técnicos gratuitos e de qualificação profissional. O Centro fica na Rua Tsunessaburo Makiguti, 399 - Floradas de São José, São José dos Campos. 


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas