Unidades da Fundhas recebem serviços de manutenção e pintura
Atualizado em 26/11/2018 - 18:03
Pinturas unidades Fundhas
Todos os serviços visam oferecer um ambiente mais saudável e acolhedor para alunos e profissionais da instituição - Foto: Divulgação

Luiz Fischer
Fundhas

A Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) está realizando serviços de manutenção, reforma e pinturas em todas as 15 unidades da instituição. Além da pintura e reparos também estão sendo realizados projetos paisagísticos.

Entre as melhorias foram feitos reparos elétricos, hidráulicos, restauração de alguns mobiliários, correção de trincas nas paredes e muros, além do fechamento de grades e reforma do viveiro no Centro de Estudos Ambientais, na sede. Mais de 3.500 mudas de espécies variadas de plantas são cultivadas para serem usadas no projeto paisagístico. Todos os serviços visam oferecer um ambiente mais saudável e acolhedor para alunos e profissionais da instituição.

Oportunidade e trabalho

Para auxiliar nos trabalhos, foram contratados 16 profissionais pelo Programa Pró-Trabalho, que estão alocados nas unidades. Um deles é Eder Vieira da Silva, morador da região sul, que estava há seis meses procurando emprego quando conseguiu essa oportunidade. Segundo ele, o aprendizado com a pintura tem sido muito importante e os cursos do Senac valem muito.

 “Agora retorno em paz para a minha casa após cada dia de trabalho, isso é muito importante para mim. Vejo meu trabalho como algo importante, cada cor e detalhe que fazemos, o cuidado e manutenção, ajudam diretamente na imagem da Fundhas na cidade, por isso dou meu melhor”, destacou.

Outro exemplo do reforço na equipe de manutenção da Fundhas é o Aluízio Fernando Januário, 39 anos, pintor, morador do Residencial União, na região sul. Aluízio destaca a acolhida e orientação que recebeu logo que chegou na instituição. “Aqui aprendi a técnica profissional, vejo que nosso trabalho é importante, pois contribuímos para restaurar um patrimônio em São José dos Campos que é a Fundhas”, afirmou.

Aprendizado mão na massa

As benfeitorias realizadas agradam os olhos de todos e têm a aprovação dos alunos da Fundhas. Algumas unidades aproveitaram o momento para trabalhar conceitos artísticos e envolver as crianças e adolescentes nas melhorias. Segundo educadores, o fazer artístico fortalece o sentimento de pertencimento e a autoestima dos alunos, que participaram da confecção de murais, pintura abstrata e detalhes.

Pedro Paulo Rennó de Souza, 12 anos, aprovou a pintura e gostou de participar da atividade. “Fica um ambiente bom e saudável para a gente”, disse.

A aluna Tamires Souza Silva, 9 anos, destaca que o ambiente fica mais acolhedor. “Me sinto em um ambiente limpo e acolhedor, é bom ficar aqui em espaços bonitos e em contato com a natureza. Gostei de participar da pintura carimbando a minha mão na parede”, contou animada.

As benfeitorias

- Manutenção e pintura:

Leste (Rua Rodolfo Scarpa, 361 – Jardim Rodolfo)

Sede (Rua Santarém, 560, Parque Industrial)

UPPI - Unidade Profissionalizante Parque Industrial (Rua Santarém, 560 –Parque Industrial)

Monsanto (Rua Corifeu de Azevedo Marques, 3346 - Jardim Indústrias)

- Projetos paisagísticos:

Sede (Rua Santarém, 560 – Parque Industrial)

Embraer (Rua João Rodolfo Castelli, 96 – Putim)

Professor Jorge Luiz Alegre (Rua Antônio Saes, 485 – Centro)

Cephas (R. Tsunessaburo Makiguti, 399 - Floradas de São José)


MAIS NOTÍCIAS
Fundhas