Joseense é campeão de bocha nas Paralimpíadas Escolares
Atualizado em 23/11/2018 - 18:05
Jonathan campeão nas Paralimpíadas Escolares
Jonathan Oliveira, no centro do pódio, é promessa para futuros Jogos Paralímpicos - Foto: Divulgação

Cláudio Ribeiro
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida

Jonathan Oliveira, de 17 anos, brilhou nas Paralimpíadas Escolares, que começaram na segunda-feira (19) e se encerram nESTE sábado (24), em São Paulo. Único joseense na competição nacional entre estados, ele se tornou nesta sexta (23) o campeão da bocha paralímpica na categoria BC3, repetindo o feito do ano passado.

O atleta passou por todos os adversários com relativa facilidade. Na primeira fase, tratorou os representantes do Distrito Federal (13 a 0) e Acre (22 a 0).

Já na etapa de classificação, os oponentes pelo menos saíram do zero: 9 a 1 contra Rio Grande do Sul (quartas de final) e 11 a 1 sobre o Rio Grande do Norte. Jonathan só foi mais exigido na final, quando venceu por 7 a 2 outra representante potiguar (cada estado pode inscrever dois competidores, seja no feminino ou masculino).

Toda a história atlética de Jonathan começou na Praça de Esportes do Parque Industrial (Rua Palmares, 841), mantida pela Prefeitura. Ali ele pratica a modalidade desde 2015. Com o apoio da equipe de profissionais do local, o jovem foi se aprimorando nas técnicas da bocha paralímpica.

Considerado o melhor atleta do Brasil com idade escolar entre 15 e 17 anos, Jonathan é uma das promessas brasileiras da modalidade para as Paralimpíadas de Paris (2024) e Los Angeles (2028). Além do título nacional, ele é bicampeão estadual nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (2017/2018).

Disputada por atletas com deficiência em idade escolar, as Paralimpíadas Escolares reúnem 11 modalidades: atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, futebol de 5, basquete em cadeira de rodas e vôlei sentado. A competição já revelou diversos medalhistas em Jogos Paralímpicos, entre eles os realizados no Rio de Janeiro (RJ), em 2016.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida