Sabedoria popular volta a ser destaque na nova edição do ‘Museu Vivo’
Atualizado em 09/11/2018 - 16:15
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
A sabedoria musical ficará por conta do joseense Ronnie dos Santos, mestre em cultura popular - Foto: Divulgação/MFSJC - Foto: PMSJC

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Pela segunda vez, neste mês, o Museu do Folclore de São José dos Campos realiza a atividade do ‘Museu Vivo’, um programa que permite que as pessoas conheçam, em detalhes, características da cultura popular local e regional. Os convidados se reúnem na área externa do museu, onde, das 14h às 17h, mostram a sua sabedoria popular. O encontro é aberto ao público. 

Na área do artesanato, o casal Elias Donizete Belarmino, 51 anos, mineiro, e Simone de Oliveira, 45 anos, joseense, faz de tudo um pouco utilizando a madeira como matéria prima. São mesinhas, banquetas, brinquedos e enfeites para festas de aniversário. Os dois são autodidatas e aprenderam a trabalhar com a madeira para compor a renda da família. Simone é professora de ensino fundamental e Elias já trabalhou como padeiro e na construção civil. 

Foi com a mãe e a avó que a mineira Isabel de Fátima Santos Azevedo, 65 anos, aprendeu a fazer bolo de coco, o mesmo que ela pretende produzir durante o ‘Museu Vivo’ deste domingo. Isabel é formada em enfermagem, mas já está aposentada. Agora ocupa seu tempo com a família e com as festas da igreja, onde faz vários tipos de comida, como cuscuz, pastel, bolinho caipira e torta.

A sabedoria musical ficará por conta do joseense Ronnie dos Santos, mestre em cultura popular, título recebido em 2006 no Revelando São Paulo Vale do Paraíba. Ele tocará viola, um dos seus muitos saberes populares. Há dez anos ele participa da Domingueira de Viola, em Paraibuna, onde trabalha como funcionário da Fundação Benedito Siqueira e Silva.

Ronnie também detém outros saberes populares na música e na dança (Moçambique, Folia de Reis e São Gonçalo), no artesanato (faz pilões em madeira, confecciona bonecões, faz figuras em madeira e em argila) e na culinária (resgatou uma receita de paçoca e coordena o grupo ‘Paçoqueiros de Paraibuna’).

O Museu do Folclore é um espaço voltado à cultura popular com mais de 30 anos de existência, ligado à Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Sua gestão é feita pelo Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), organização da sociedade civil sem fins lucrativos, com sede em São José dos Campos.

 

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana

(12) 3924-7318


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo