Eventos ganham programação especial de filmes em 2 casas de cultura
05/11/2018 - 10:08
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
A história do grupo Titãs é mostrada em filme que pode ser visto no dia 26 na CC Cine Santana - Foto: Divulgação - Foto: PMSJC

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Por conta dos eventos ‘Mês da Música’ e ‘Semana da Consciência Negra’, que acontecem neste mês, a Fundação Cultural Cassiano Ricardo preparou uma programação especial com filmes sobre os dois temas. As exibições são gratuitas e acontecem às segundas, na Casa de Cultura Cine Santana (região norte), e terças, na Casa de Cultura Flávio Craveiro (região sul).

Na CC Cine Santana serão exibidos quatro documentários sobre a música brasileira, por meio do programa Ponto MIS, resultado de uma parceria com o Museu da Imagem e do Som. As sessões começam às 19h e têm classificação livre. Já na CC Flávio Craveiro, serão exibidos cinco filmes de longa-metragem, em vários horários, pelo projeto Casa com Cinema.

Programação

CC Cine Santana (segundas)

Dia 5, 19h: Projeto Intergerações – Violas Paulistas

Brasil. 2017. Direção: Daniel Choma. 120 min. Documentário. Livre.

- Os filmes resultaram dos processos gerados na Oficina de Documentário, Viola e Canção, realizada no Centro de Cultura Caipira e Arte Popular / Museu da Cidade, no distrito de Joaquim Egídio, em maio de 2017

 

Dia 12, 19h: Sintonizah – A exibição das ondas do rádio

Brasil. 2015. Direção: Lecuk Ishida. 54 min. Documentário. Livre.

- O documentário Sintonizah embala o espectador em uma viagem entre Kingston, na Jamaica, e São Luís do Maranhão, para transmitir as emoções de quem vivencia o reggae

 

Dia 19, 19h: Triunfo

Brasil. 2014. Direção: Cauê Angeli. 84 min. Documentário. Livre.

- Nelson Triunfo é dançarino, compositor e ‘sociólogo da favela’, como ele próprio se define. Do sertão pernambucano, Nelson saiu para balançar os bailes blacks nas décadas de 1970 e 1980

 

Dia 26, 19h: Titãs – A Vida Até Parece Uma Festa

Brasil. 2009. Direção: Branco Mello e Oscar Rodrigues Alves. 80min. Documentário. Livre.

- Os músicos do Titãs contam a história da banda, umas das principais do país, utilizando linguagem não-cronológica e musical

 

CC Flávio Craveiro (terças)

 

Dia 6, 19h: 12 Anos de Escravidão

Estados Unidos. 2013. Direção: Steve McQueen. 134 min. Drama. 14 anos.

- Em 1841, Solomon Northup é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver

 

Dia 13, 9h e 14h: A Princesa e o Sapo

Estados Unidos. 2009. Direção: John Musker e Ron Clements. 98 min. Animação. Livre.

- A trabalhadora e ambiciosa Tiana sonha em um dia abrir o seu próprio restaurante em Nova Orleans. Seus planos tomam um rumo diferente quando ela conhece o príncipe Naveen, o qual tinha se tornado um sapo pelo maldoso Dr. Facilier. Porém, o príncipe, que agora é um sapo, tem esperanças de ser um humano novamente se Tiana beijá-lo

 

19h: Moonlight: Sob a Luz do Luar

Estados Unidos. 2016. Direção: Barry Jenkins. 115 min. Drama. 16 anos.

- Chiron, um jovem negro morador de uma comunidade pobre de Miami, tem três momentos da vida contados neste filme. Do bulling na infância, passando pela crise de identidade da adolescência e a tentação do universo do crime e das drogas, este é um poético estudo de personagem

 

Dia 20, 19h: Pantera Negra

Estados Unidos. 2018. Direção: Ryan Coogler. 135 min. Aventura/ Ficção. 12 anos.

- Após a morte do rei T'Chaka (John Kani), o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda, a isolada e tecnologicamente avançada nação africana, para a cerimônia de coroação. Mas, com o reaparecimento de um velho e poderoso inimigo, os valores de T’Challa como rei, e como Pantera Negra, são testados

 

Dia 27, 19h: Branco sai, Preto fica (Ponto MIS)

Brasil. 2015. Direção: Adirley Queirós. 90 min. Drama. 12 anos.

- Tiros em um baile de black music na periferia de Brasília ferem dois homens, que ficam marcados para sempre. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva

 

Casa de Cultura Cine Santana
Av. Rui Barbosa, 2005 – Santana
(12) 3942-1226

 

Casa de Cultura Flávio Craveiro
Av. Lênin, 200 – Dom Pedro I
(12) 3966-1136

MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo