Caminhada quer conscientizar sobre a inclusão da pessoa autista
Atualizado em 31/03/2018 - 13:35
passeata do Luz Azul de 2017  28 03 2018
Caminhada do Dia Internacional da Conscientização do Autismo no ano passado - Foto: Divulgação

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

Em comemoração ao Dia Internacional da Conscientização do Autismo (2 de abril), a Prefeitura de São José dos Campos, em parceria com o Gaia (Grupo de Apoio ao Indivíduo com Autismo), apoia a passeata que será realizada neste domingo (1°) por um grupo de familiares de autistas, denominado Luz Azul.

Cerca de mil pessoas são esperadas para a atividade, que será realizada na Praça Ulisses Guimarães, no Jardim Aquarius (região oeste), com concentração às 8h e saída às 9h. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da luta pelos direitos dos indivíduos com autismo.

Este é o quarto ano em que a caminhada é realizada em São José. Nesse período, os resultados já podem ser observados no município, que hoje conta com indicações de prioridades para autistas nas filas dos estabelecimentos.

Para a organizadora do evento, Cristiane Aparecida Claudino Lobo, de 45 anos, muitos ainda desconhecem o autismo. “Nós queremos, com essa caminhada, mostrar para todas as pessoas da cidade que existem autistas e que eles precisam de cuidados especiais. A inclusão ainda é um ponto importante a ser tratado, principalmente nas escolas.”

O transtorno do espectro autista (TEA) causa dificuldades no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação e no comportamento social da criança. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que 70 milhões de pessoas no mundo (2 milhões no Brasil) tenham algum tipo de autismo.

Pessoa com deficiência

O trabalho da Prefeitura em favor das pessoas com deficiência visa a inclusão social, acessibilidade e defesa de direitos. Realizadas em parceria com entidades sociais, as ações buscam proporcionar fortalecimento de vínculos por meio da assistência e convivência dos beneficiários com os familiares. Outras iniciativas procuram incentivar as habilidades sociais que favoreçam a eliminação de barreiras, ambientais ou culturais, que possam impedir o pleno desenvolvimento da cidadania.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão