Confirmado o primeiro óbito por febre amarela autóctone
Atualizado em 20/03/2018 - 18:51
Vacina Febre Amarela - UBS Vila Maria
A vacinação contra a febre amarela continua nas 40 unidades básicas de saúde do município, das 9h às 15h - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

O Instituto Adolfo Lutz confirmou o primeiro caso de febre amarela contraída em São José dos Campos. L.C.S., de 40 anos, era morador do bairro Bonsucesso, na região norte, e faleceu no dia 8 de março no Hospital Municipal. 

L.C.S. foi internado no HM no dia 6 de março com quadro de febre, dor de cabeça, vômito, fraqueza e falta de apetite. Em dois dias, seu quadro de saúde piorou, apresentando rápida falência múltipla dos órgãos.

Este é o primeiro óbito autóctone registrado em São José neste ano. O primeiro caso importado é o de M.J.B., de 28 anos, que morreu no dia 10 de janeiro depois de passar as festas de fim de ano em Mairiporã.

No dia 14 de março foi registrado um terceiro óbito, que ainda é tratado como suspeito, já que os resultados ainda não chegaram. Trata-se de uma moradora do distrito e São Francisco Xavier, M.A.S., de 59 anos, que morreu em um hospital particular de São José.

A Vigilância Epidemiológica também contabilizou 4 casos confirmados de pacientes que contraíram a doença e passam bem (2 autóctones e 2 importados).

Vacinação

A Prefeitura reforça que a população deve continuar se vacinando, pois o risco de contrair a doença é grande, pois o vírus até circulando na área de mata da região Norte de São José. A vacinação ocorre nas 40 unidades básicas de saúde do município, das 9h às 15h. Em toda a cidade, mais de 450 mil pessoas estão imunizadas contra a febre amarela, cerca de 70% do público alvo.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde