28 escolas da região sul aderem ao programa “Coalizão São José”
Atualizado em 16/03/2018 - 18:14
Coalizão  Casa do Idoso Sul 16 03 2018
Neste primeiro encontro, as escolas foram divididas em polos que serão responsáveis pelas reuniões, junto à comunidade, para que um programa de prevenção seja elaborado de forma mais eficiente de acordo com cada realidade - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Juliana Costa
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Apoio Social ao Cidadão, fez nesta sexta-feira (16), na Casa do Idoso Sul (avenida Andrômeda, 2.601 - Bosque dos Eucaliptos), a primeira reunião do Programa "Coalizão São José" com os diretores das escolas da região sul da cidade. Representantes de 28 escolas, sendo 19 municipais e 9 estaduais, que atendem crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos, estiveram presentes, além de representantes da Secretaria da Educação e da Diretoria Estadual de Ensino. 

Neste primeiro encontro, as escolas foram divididas em polos que serão responsáveis pelas reuniões, junto à comunidade, para que um programa de prevenção seja elaborado de forma mais eficiente de acordo com cada realidade.

O primeiro passo com as escolas será o diagnóstico por meio de uma pesquisa nas instituições de ensino sobre o uso de drogas. Em seguida, esses dados serão compilados e apresentados para que seja traçado um planejamento específico de combate às drogas, para cada região. A previsão é que as pesquisas comecem em abril para que, em maio, seja iniciado o planejamento.

Para Willian Alves Paiva, 49 anos, diretor da escola estadual Major Miguel Naked, do bairro Jardim Morumbi, o bom desempenho do aluno está condicionado às suas boas condições de saúde. “Infelizmente hoje é uma realidade o uso de drogas entre os alunos nas escolas e esse programa vem nos ajudar a fortalecer o laço entre as instituições e as lideranças, sempre vislumbrando a qualidade de vida dos nossos alunos. O que entristece nosso coração é o adolescente dizer que o ganha pão está vinculado ao comércio ilícito. Eu penso que a escola é uma parcela da sociedade e creio que, no meu colégio, se conseguirmos ajudar a melhorar a vida de alguns, isso irá repercutir na comunidade do nosso entorno”, afirmou.

“A escola tem responsabilidade perante a vida dos alunos. Se não fizermos alguma coisa dentro da instituição, estaremos sendo coniventes com tudo isso que anda acontecendo. Temos que dar a nossa contribuição para a melhora dessa situação. Estávamos esperando por um projeto assim. Eu acredito que esse será o começo para combatermos o uso de álcool e drogas entre essas crianças e adolescentes. Quero deixar um legado de que consegui, ainda que com poucos, ajudar a resolver o problema que estão enfrentando”, disse Marili Aparecida do Amaral Tarrasco, 62 anos, mediadora da escola estadual Prof. José Vieira Macedo, do bairro Jardim Satélite. 

Entrega de certificados

Na noite desta última quinta-feira (15), a Prefeitura de São José dos Campos entregou certificados para 60 pessoas que participaram do curso intensivo do Programa "Coalizão São José". A cerimônia foi realizada na Casa do Idoso Sul (avenida Andrômeda, 2.601 - Bosque dos Eucaliptos).  

O projeto

"Coalizão São José" é um programa de prevenção ao uso de álcool e outras drogas, que acontece por meio da participação de instituições sociais, população e do poder público e tem como missão impactar a comunidade e promover vidas saudáveis. O Coalizão é um programa feito para a comunidade e pela comunidade. 

Ações antidrogas

O Programa sobre Drogas é articulado pela Assessoria de Políticas Especiais sobre Drogas da Prefeitura em parceria com os governos estadual e federal, poderes legislativo e judiciário, além da participação também das entidades da sociedade civil, e tem como principais eixos: tratamento, prevenção, reinserção e coerção.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Apoio Social ao Cidadão