Programa cultural leva alunos para visita aos pontos históricos de Santana
Atualizado em 13/03/2018 - 17:23
Fundação Cultural Cassiano Ricardo
Alunos na Emef Mariana Teixeira Cornélio em frente ao Cine Santana, no início do roteiro - Foto: Divulgação/FCCR - Foto: PMSJC

Avelino Israel
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

O programa Memórias, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, proporcionou a um grupo de 44 alunos a visitação aos pontos históricos do bairro de Santana, região norte de São José dos Campos. A atividade durou cerca de duas horas e meia e o grupo beneficiado pertence as turmas de 8º e 9º anos da Emef Mariana Teixeira Cornélio. 

“Fazer um roteiro desses é estabelecer uma ponte entre o passado e o presente”, disse a professora de inglês Márcia Ito, da Emef Mariana Teixeira Cornélio, que também participou da visitação.

O objetivo da visita foi fazer com que os estudantes conhecessem mais sobre a história e origem do bairro onde muitos moram, como é o caso da aluna Daiane da Silva Araújo, de 14 anos. “Eu acho muito interessante, pois conhecemos pontos históricos e aprendemos mais sobre o local onde vivemos”.

Para o aluno Felipe Andrade Coque, de 13 anos, que mora no Jardim Telespark, a surpresa foi saber que o Cine Santana é um dos patrimônios materiais da cidade. 

Para o orientador educacional da Emef Mariana Teixeira Cornélio, Ricardo Alexandre dos Santos, a principal importância de um programa como esse é conscientizar os jovens de que eles também podem contribuir para a permanência da história do seu município, do seu bairro e até da sua família. 

Roteiro 

A visita começou na Casa de Cultura Cine Santana, onde foi exibido um documentário sobre o bairro, com relatos de antigos moradores. Depois os alunos conheceram outros pontos históricos do bairro, como o antigo Clube Santaninha (sede da Associação Atlética Santana do Paraíba) e o prédio da antiga cadeia, inaugurada em 1920 (onde hoje funciona o Protocolo da Região Norte da Prefeitura). 

Os estudantes também conheceram a Escola Estadual Santana do Paraíba (com quase 100 anos e tombada como patrimônio do Estado de São Paulo), a Matriz de Santana, o Museu Monsenhor Luiz Gonzaga (um dos principais padres da matriz) e as três figueiras próximas ao Cemitério Municipal Maria Peregrina, que estão entre as árvores mais antigas da cidade. 

O Programa Memórias começou pelo Parque Novo Horizonte, na região leste e, atualmente, já acontece em Santana, Vila Tesouro, Bosque dos Eucaliptos e distrito de Eugênio de Melo. As casas de cultura da Fundação Cultural são utilizadas como um centro de preservação da memória. 

Casa de Cultura Cine Santana

Av. Rui Barbosa, 2005 – Santana

(12) 3942-1226


MAIS NOTÍCIAS
Fundação Cultural Cassiano Ricardo