Escritora joseense expõe poemas na Biblioteca Cassiano Ricardo
Atualizado em 06/03/2018 - 09:48
Exposição Luana Helena 05-03-2018
"Visceral", da escritora joseense Luana Helena, reúne poemas e fotos em exposição na Biblioteca Cassiano Ricardo durante o mês de março -- Foto Divulgação - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

“Não ser nada que não seja poesia” é um dos versos que define a escritora joseense Luana Helena, de 26 anos, autora do livro “Visceral”, em exposição na Biblioteca Pública Cassiano Ricardo neste mês de março. A obra reúne escritos curtos e poesias da escritora durante sua fase de adolescência e juventude que tratam de temas como feminismo, autoconhecimento e urbanização com referências a poetas como Cassiano Ricardo e Carlos Drummond de Andrade.

“A inspiração para o livro veio ao longo da minha vida, são dez anos de textos que têm muito a ver com situações de adolescente e alguns poemas de coisas que vejo na cidade, tem coisas que são baseadas nos meus alunos, outras da própria lida do escritor enquanto esse 'ser conflitante'”, disse Luana. 

Além dos poemas, a exposição reúne fotos tiradas por Isabel Ponce, ex-aluna de Luana que participou do projeto. “Nunca imaginei que aconteceria essa exposição, foi uma surpresa muito boa, espero que outras pessoas possam conhecer o meu trabalho e o da Isabel, que foi minha aluna e é uma adolescente de 17 anos, descobrindo a profissão, descobrindo o que quer fazer, eu acho que isso é muito significativo para o projeto”, afirmou.

A exposição é uma das atividades da programação do mês de março da Biblioteca Cassiano Ricardo. Durante todo o mês, o público poderá participar de oficinas e contação de histórias com foco na acessibilidade para pessoas com deficiência e nas tecnologias como ferramentas de formação e informação. As atividades oferecidas gratuitamente são parte do objetivo de disseminar a cultura e apoiar a leitura.

O estímulo à leitura também foi presente na vida escolar de Luana, ex-aluna da rede de ensino municipal. A poetisa acredita que todo incentivo é bem visto tanto para os leitores quanto para os escritores. “A minha relação com a escola é de amores, eu sempre gostei bastante e acho que a escola tem uma parcela na formação do hábito da leitura. A Sala de Leitura, por exemplo, é algo que ajuda muito no hábito e nesse amor pela leitura”, afirmou.  

Sobre a autora

Luana Helena tem 26 anos, nascida em São José dos Campos, é professora de Língua Portuguesa e tem um canal no Youtube onde dá aulas de língua portuguesa, gramática, redação, literatura e dicas para vestibulandos. A escritora é autora de outros três livros infantis: “Água de Sereia”, “Gigantes de Estrela” e “Tina e Amadeu”, publicados entre 2013 e 2015, e trabalha em projetos para seu canal na internet e em um próximo livro de poesias críticas. 

Programação

Para o público interessado em visitar a Biblioteca Cassiano Ricardo, a programação de março conta também com a oficina “A leitura inclusiva e o livro digital acessível Daisy (sistema digital acessível)”, da parceria com a Fundação Dorina Nowill. A Fundação apresenta livros digitais sonoros que têm como objetivo ajudar deficientes visuais ou qualquer outra pessoa que possua dificuldade de acesso a materiais escritos tradicionais. A atividade acontece nos dias 14 e 21, das 9h às 12h e das 13h às 18h.

As oficinas pedagógicas e literárias seguem durante todo o mês e têm como convidados, professores, escritores e especialistas em educação e história. A Biblioteca Cassiano Ricardo está localizada na rua 15 de Novembro, 99, no centro da cidade, das 8h15 às 16h45. Mais informações pelo telefone: 3921-6330.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania