Estudantes de Medicina conhecem o perfil da saúde em São José
Atualizado em 02/03/2018 - 20:12
Saúde
A palestra “A Saúde em São José dos Campos”, ministrada pelo médico Luis Paulo Melione, coordenador da Gerência de Informação (Geinfo), da Secretaria de Saúde, abordou os serviços prestados pela Prefeitura, o perfil da população e os indicadores de saúde do município - Foto: PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

A estrutura de atendimento oferecido à população na área da saúde em São José dos Campos foi apresentada na tarde de quinta-feira (1º) para um grupo de 60 universitários que ingressaram neste ano no curso de Medicina da Humanitas – Faculdade de Ciências Médicas de São José.

A palestra “A Saúde em São José dos Campos”, ministrada pelo médico Luis Paulo Melione, coordenador da Gerência de Informação (Geinfo), da Secretaria de Saúde, abordou os serviços prestados pela Prefeitura, o perfil da população e os indicadores de saúde do município.

O médico traçou as características demográficas e epidemiológicas da cidade e apresentou a rede de serviços existentes. Entre os destaques da apresentação, ele pontuou os bons índices de oferta e investimentos em serviços e a importância da realização de um atendimento humanizado.

Um exemplo é o investimento realizado pela Prefeitura na rede de atenção básica, na implantação do programa UBS Resolve, que possibilita um atendimento mais humanizado ao munícipe.

Eduardo de Souza Pereira, 35 anos, que se mudou de São Luís (MA) para São José dos Campos após sua aprovação em medicina, ficou surpreso com os serviços oferecidos pela cidade. “Eu venho de um Estado que é considerado um dos mais pobres do Brasil e fiquei surpreso com os dados de São José. São bem mais avançados que muitas regiões do Brasil”, disse o aluno.

Para Matheus Almeida Cardoso, 20 anos, a palestra conseguiu mostrar de maneira pontual o que pode ser melhorado no Brasil. “É um trabalho muito bonito que se faz pensando no bem-estar do próximo.”

Para o diretor da faculdade, Luís Antonio Vane, São José dos Campos tem uma excelente estrutura de atendimento, que dá a possibilidade aos alunos de vivenciar o contato direto com os pacientes. “Nós queremos médicos humanistas, éticos, responsáveis e capazes. E para isso, além de uma estrutura que a faculdade pode oferecer, nós temos necessidade de colocar os alunos, desde muito cedo, em contato com os pacientes dentro da rede de saúde da cidade”, afirmou.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde