Vacinação contra a febre amarela entra na rotina das UBS’s após campanha
Atualizado em 01/03/2018 - 16:45
Vacina Febre Amarela - UBS Vila Maria
Quase 300 mil pessoas foram vacinadas durante a campanha fracionada iniciada em 25 de janeiro - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Nei José Sant' Anna
Secretaria de Saúde

Esta sexta-feira (2) é o último dia da campanha estadual de vacinação fracionada contra a febre amarela. Quem ainda não se vacinou, poderá procurar uma das 40 unidades básicas do município das 9h às 15h. Em São José dos Campos, desde o dia 25 de janeiro, quando o mutirão teve início, 290 mil pessoas foram imunizadas.

Embora a campanha termine oficialmente nesta sexta, a vacinação entrará na rotina das unidades básicas de saúde de São José a partir da semana que vem. As doses continuarão sendo aplicadas das 9h às 15h. Além das doses específicas para a campanha, a Prefeitura recebe remessas regulares do Governo do Estado para reposição do estoque.

Mobilização

Para chegar ao número aproximado de 300 mil pessoas imunizadas em quase 40 dias de campanha, a Prefeitura colocou em prática várias estratégias para alcançar o maior número possível de pessoas. No chamado corredor ecológico da região norte, por exemplo, onde recentemente apareceram macacos mortos, foram realizados mutirões de vacinação casa a casa, nos quais foram imunizadas 90% desta população.

Durante a campanha, além das 40 unidades básicas abertas, também foram realizadas vacinações em postos volantes, como universidades, escolas, indústrias, áreas públicas de grande concentração, igrejas e hospitais públicos e privados. Mais de 1.000 servidores municipais estiveram mobilizados para a campanha, inclusive durante três finais de semana.

Avaliação

Na avaliação da Secretaria de Saúde, a campanha foi um sucesso, pois de acordo com levantamento divulgado esta semana pela pasta, 419 mil pessoas já estão imunizadas contra a febre amarela no município. Esse número corresponde a 70% do seu público-alvo.

Considerando a estimativa de 129 mil pessoas vacinadas nos últimos 10 anos, São José dos Campos está bem próximo do público-alvo elegível para a vacina, que é de 594 mil pessoas. A Secretaria de Saúde chegou a esse número excluindo da população total do município as gestantes, nutrizes, crianças até 9 meses, pessoas com comorbidades que contraindicam o recebimento da vacina e as que não querem se vacinar por iniciativa própria.  


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Saúde