Martins Pereira terá torneio classificatório para o rugby
01/03/2018 - 15:44
Rugby Brasil e Estados Unidos no Martins Pereira 24 02 2018
Na sexta e no sábado, os jogos serão os classificatórios Sul-Americano de Rugby Sevens Feminino para os Jogos Olímpicos da Juventude - Foto: Charles de Moura/PMSJC

Ana Lúcia Abranches
Urbam

O Estádio Martins Pereira recebe nessa sexta-feira (2) e sábado (3) o torneio classificatório Sul-Americano de Rugby Sevens Feminino para os Jogos Olímpicos da Juventude, que será realizado em Buenos Aires, na capital argentina, em outubro deste ano. Serão dois dias intensos de jogos no estádio joseense, das 10h às 15h30. A seleção brasileira da categoria estará entre as participantes.

O elenco nacional – composto por três joseenses - disputará o título do torneio com outras cinco seleções do continente: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai. A América do Sul possui apenas uma vaga no rugby feminino para os Jogos da Juventude, que será decidida no classificatório.

As joseenses que convocadas são Juliana Carneiro Brandão de Melo, Maria Cristina Pereira Fernandes e Milena Batista Mariano Silva.

O Brasil é referência com a seleção adulta campeã 13 vezes seguidas do Sul-Americano. Informações sobre ingressos para o duelo ser obtidas pelo site oficial da CBRu (Confederação Brasileira de Rugby). 

Serviço

Torneio Classificatório Sul - Americano Rugby Feminino YOG 7s

Equipes: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Paraguai

Local: Estádio Martins Pereira, em São José Dos Campos 

Data: Sexta-feira (2) e sábado (3 de março)

Horário: 10h - 15h50 (sexta-feira), 10h - 15h20 (sábado)

Entrada: gratuita

Categoria: M18 feminino

Brasil: Andressa do Nascimento Alves (Guanabara), Anne Crystyan Oliveira dos Santos (Guanabara), Arielly Medeiros (Jacareí), Beatriz Liviniec Fortunato Pereira (Curitiba), Eshyllen Coimbra Cardoso (Guanabara), Fernanda Pasternack Lobato (ABC Rugby), Giovanna Nayla Olio (SPAC), Giulia Rodrigues da Mota (Jacareí), Juliana Carneiro Brandão de Melo (São José), Maria Cristina Pereira Fernandes (São José), Milena Batista Mariano Silva (São José), Ryanne Vanessa Siqueira de Sousa (Armada), Silvana Oliveira Alves dos Santos (RPT), Luisa Negraes Eschberger (Desterro).

--

Seleção Brasileira de Rugby volta ao Estádio Martins Pereira no sábado

A Seleção Brasileira de Rugby retorna ao Estádio Martins Pereira neste sábado (3), às 18h10, pela Americas Rugby Championship, para encarar a forte seleção da Argentina XV (elenco formado somente por atletas que jogam dentro do país).

Derrotados na semana passada por 45 a 16 pelos Estados Unidos na quarta rodada da competição, os Tupis, atualmente estão em quinto lugar no torneio, com quatro pontos, e não têm mais chances de conquistar o título. A equipe nacional conta com cinco jogadores joseenses convocados pelo técnico Rodolfo Ambrósio: Caique Silva Segura (São José), Felipe Henri Sancery (São José), Michel Olimpio Gomes de Oliveira "Vanzinha" (São José), Moises Rodrigues Duque (São José) e Stefano Giantorno (São José).

O campeão do Americas Rugby Championship será conhecido no sábado em Montevidéu, com o Uruguai, anfitrião e terceiro colocado, recebendo os Estados Unidos, líderes do torneio. As partidas serão transmitidas pelo canal pago ESPN. Informações sobre ingressos para o duelo podem ser obtidas pelo site oficial da CBRu (Confederação Brasileira de Rugby).

Estádio está bem estruturado para o rugby

O diretor de Torneios e Eventos da Confederação Brasileira de Rugby, Ítalo Marques, elogiou a estrutura do estádio para as competições da modalidade.

“A cidade tem uma forte ligação com o rugby. Temos vários atletas joseenses e o Estádio Martins Pereira nos atende muito bem. Possui a estrutura bem posicionada no gramado para os encaixes das traves específicas. Os vestiários são amplos e com quantidade adequada de chuveiros para atender aos 23 jogadores de toda a equipe”.

Outros pontos positivos, segundo o diretor, são as banheiras de hidromassagem – usadas para a crioterapia – tratamento com gelo que auxilia na recuperação dos atletas após a partida.

Arquibancadas cobertas dos dois lados, dez cabines e área vip com camarotes adequados, além de telão com o placar dos jogos também influenciam na escolha pela Confederação. “Muitos torcedores não têm conhecimento tão apurado e o placar ajuda a acompanharem o desenrolar do jogo”.

O capitão do time de rugby, Yan Rosetti, também aprovou o conforto proporcionado pelas instalações esportivas. “É ótimo. O vestiário é confortável e o gramado perfeito. O Estádio é superior às nossas expectativas e atende bem à modalidade.”

 

 

MAIS NOTÍCIAS
Urbam