Equipe da merenda escolar dá orientação aos pais de alunos com diabetes
Atualizado em 25/05/2018 - 18:11
Familiares de alunos com diabetes, cozinheiras, nutricionistas e gestores de escolas da rede municipal receberam orientação e informações sobre cardápios oferecidos aos alunos.
Familiares de alunos com diabetes, cozinheiras, nutricionistas e gestores de escolas da rede municipal receberam orientação sobre cardápios diferenciados - Foto: PMSJC

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania

A Prefeitura de São José dos Campos realizou nesta semana uma reunião com pais de alunos portadores de diabetes e gestores da rede municipal de ensino afim de passar orientações sobre a doença e apresentar as opções de cardápios específicos para os estudantes. O encontro foi organizado pela Coordenadoria de Merenda Escolar da Secretaria de Educação e Cidadania e contou com a presença de nutricionistas e cozinheiras das escolas. Atualmente, cerca de 70 alunos com diabetes são atendidos na rede. 

O cardápio oferecido nas escolas da rede municipal sofreu mudanças e passou por revisão no ano passado, após avaliação feita pela equipe de nutricionistas da Coordenadoria de Merenda. As mudanças visam melhorar a alimentação oferecida aos alunos facilitando também a inclusão. Durante o encontro, os pais puderam tirar dúvidas e fazer sugestões sobre o cardápio oferecido nas escolas.

"Achei a reunião muito proveitosa, antigamente não tinham muitas opções no cardápio para atender os alunos com diabetes, como o meu filho, mas agora está melhorando cada dia mais, com opções variadas e fazendo a integração desses alunos com os demais na hora das refeições, o que é muito importante. Meu filho sempre foi bem acompanhado na escola, fico tranquila em saber que lá ele está amparado e terá o que precisar”, disse Ana Maria Albuquerque, mãe do João Lucas de Albuquerque Fernandes, de 10 anos, aluno do 5º ano da Emef Profª Otacília Madureira de Moura, na Vila Nova Conceição (região sul).

“É importante a educação nutricional, ensinar as crianças a terem uma alimentação saudável. Isto é um desafio para qualquer criança e, no caso de quem possui diabetes, precisamos adequar as necessidades das crianças que usam medicação ou estão com a glicose alta ou baixa demais. Isto é possível através de um trabalho conjunto entre os profissionais da Saúde, a Secretaria de Educação e a família, todos juntos”, explicou a nutricionista da Secretaria da Saúde, Raquel Comar da Silva York.

Cozinheira há cerca de quatro anos no Cedin Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, no Residencial Flamboyant (região sul), Maria da Penha, considera importante a reunião para melhorar o trabalho diário de preparo da merenda dos alunos que realiza com alegria.

“Essa reunião é importante, nos dá informações que ajudam no dia a dia. Espero aprender e melhorar meu trabalho, que gosto muito, principalmente de quando as crianças elogiam a comida, elas são sinceras e carinhosas”, afirmou Maria.


MAIS NOTÍCIAS
Secretaria de Educação e Cidadania